Catarinense: Dirigente lamenta 'ter que demitir' técnicos da base pelo coronavírus

Direção do Próspera resolveu dissolver suas comissões técnicas de base: tanto do Sub-17, como do Sub-20.

Publicado em .

Direção do Próspera resolveu dissolver suas comissões técnicas de base: tanto do Sub-17, como do Sub-20.

Criciúma, SC, 7 (AFI) - Com a confirmação da Federação Catarinense de que as competições não retornariam nos próximos meses, ou até mesmo poderiam ser suspensas, o Esporte Clube Próspera resolveu dissolver suas comissões técnicas de base: tanto do Sub-17, como do Sub-20.

“A diretoria fez um grande esforço e manteve por 45 dias os treinadores das equipes Sub-20 e Sub-17, mas agora com essas notícias negativas sobre os efeitos do coronavírus não sobrou outra alternativa a ser tomada. Realmente é uma missão difícil: demitir. Ainda mais nestas condições que nos são impostas por uma crise mundial jamais vista” – lamentou o executivo de futebol, Ruddy Flores.
Ruddy Flores lamenta necessidade de demissões
Ruddy Flores lamenta necessidade de demissões

EM DISPUTA
O Sub-17 estava disputando o torneio regional da categoria, e o Sub-20 disputava a Copa SC, onde disputou apenas um jogo, vencendo o Hercílio Luz.

O reflexo da pandemia mundial começa afetar diretamente os empregos de muitos profissionais do futebol.

Foram liberados o técnico do Sub-17, Murilo Lima, e do Sub-20 Jacson Almeida.

ESPERANÇA NA SÉRIE B
No profissional, o clube aguarda de forma ansiosa, o retorno às atividades após a pandemia. A tabela já está pronta e a estreia será em casa contra o Navegantes.

O Campeonato Catarinense da Série B é aguardado com muita expectativa pelos seus 10 participantes. Isso porque três clubes vão garantir o acesso para a elite estadual em 2021.

“Só vamos mesmo aguardar a determinação da Federação em dar início à competição. Esperamos que isso aconteça o mais breve possível, dentro de uma condição de preservação da saúde de todos os jogadores e pessoas envolvidas”.