Grêmio se acerta com clube paranaense e deve oficializar goleiro do Santos

O Imortal vai desembolsar uma quantia financeira para conseguir a liberação de Vanderlei junto ao Coritiba

Publicado em .

O Imortal vai desembolsar uma quantia financeira para conseguir a liberação de Vanderlei junto ao Coritiba

Porto Alegre, RS, 17 (AFI) - Agora resta apenas o anúncio oficial. Nesta sexta-feira, o Grêmio chegou a um acordo com o Coritiba e praticamente fechou a contratação do goleiro Vanderlei.

O camisa 1 tinha contrato com o Santos até dezembro de 2020, mas estava insatisfeiro com a condição de reserva. Já o Grêmio buscava um goleiro mais experiente após a temporada irregular de Paulo Victor.

Para contratar Vanderlei, o Imortal desembolsou R$ 3 milhões para o Santos. O problema é que faltava um acerto com o Coritiba, que é dono de 40% dos direitos econômicos do goleiro.

Vanderlei vai mesmo defender o Grêmio em 2020 (Foto: Ivan Storti/Santos)
Vanderlei vai mesmo defender o Grêmio em 2020 (Foto: Ivan Storti/Santos)
A intenção do Grêmio era conseguir a liberação junto ao Coxa mediante ao empréstimo de alguns jogadores. A diretoria alviverde, porém, não aceitou e o clube gaúcho vai desembolsar uma quantia financeira que é mantida em sigilo.

SOBRE ELE
Revelado na base do Londrina, Vanderlei tem 35 anos e ficou sete temporadas no Coritiba (2007 a 2014) antes de ser contratado pelo Santos. O goleiro teve passagem também por Olímpia e Paranavaí.

Titular absoluto nas quatro primeiras temporadas no Santos, sendo cotado, inclusive, para defender a Seleção Brasileira, Vanderlei perdeu espaço em 2019 com o argentino Jorge Sampaoli por causa da dificuldade de jogar com os pés.

Após a diretoria santista contratar Éverson junto ao Ceará, Vanderlei perdeu espaço. Foram apenas 23 partidas em 2019, sendo 251 no geral.