Ponte Preta 2 x 2 Sport - Macaca arranca empate com um a menos, mas não entra no G4

Ponte reclama demais da arbitragem e acumula segundo tropeço seguido no Estádio Moisés Lucarelli

Publicado em .

Ponte reclama demais da arbitragem e acumula segundo tropeço seguido no Estádio Moisés Lucarelli

Campinas, SP, 24 (AFI) - Em um confronto direto pelo G4 do Campeonato Brasileiro da Série B, Ponte Preta e Sport fizeram um grande jogo no Estádio Moisés Lucarelli, mas ninguém saiu vencedor. O empate por 2 a 2 foi válido pela penúltima rodada do primeiro turno.

O segundo jogo seguido sem vitória não permitiu que a Ponte retornasse ao G4. Na oitava colocação, o time campineiro tem 27 pontos e está três atrás do Sport, que figura em quarto lugar e não perde há três partidas.

PRIMEIRO TEMPO
A primeira chance do jogo foi criada pela Ponte Preta aos dois minutos. Rafael Longuine tocou para Roger, que finalizou fraco nas mãos de Mailson. O Sport recebeu aos 11 em cabeçada de Juninho defendida por Ivan. Na sequência, Roger dominou dentro da área e na hora de bater foi travado pela zaga.

Aos 15, Diego Renan cruzou e Rafael Longuine cabeceou nas mãos de Mailson. O jogo era bastante equilibrado, com a Ponte Preta tendo um pouco mais de posse de bola, mas o Sport sendo bastante perigoso no contra-ataque. Roger assustou em chute por cima.

A melhor chance veio aos 41 minutos. Gerson Magrão cobrou escanteio e Henrique Trevisan cabeceou rente ao travessão de Mailson. Já no finalzinho, a Macaca teve um gol bem anulado. Impedido, Gerson Magrão completou cruzamento de Camilo.

Roger marcou dois gols no empate da Ponte Preta com o Sport (Foto: Álvaro Jr./Ponte Press)
Roger marcou dois gols no empate da Ponte Preta com o Sport (Foto: Álvaro Jr./Ponte Press)
SEGUNDO TEMPO

Logo aos quatro minutos, Gerson Magrão cruzou rasteiro para dentro da área e Roger desviou de carrinho. A bola ainda tocou na trave antes de entrar. A alegria da Ponte Preta, porém, durou apenas até os nove.

Hyuri recebeu nas costas do improvisado Henrique Trevisan e tentou o cruzamento, mas pegou errado e mandou por cobertura de Ivan. Na sequência, Guilherme bateu rasteiro e o goleiro pontepretano evitou a virada leonina. Aos 18, Gerson Magrão chutou por cima.

Aos 29, Edson roubou a bola de Raul Prata dentro da área, mas o árbitro assinalou pênalti, convertido por Hernane Brocador. Desestabilizada, a Macaca ainda ficou com um jogador a menos na sequência quando Camilo foi expulso direto.

Na base da raça e da bola aérea, a Ponte Preta conseguiu o empate aos 41. Alex Maranhão cruzou e Roger cabeceou. A bola ainda desviou no meio do caminho e encobriu Mailson. Já nos acréscimos, Alex Maranhão quase acertou o ângulo em cobrança de falta.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 19ª rodada. A Ponte Preta enfrenta o Brasil, às 19h15, no Bento Freitas, em Pelotas, enquanto o Sport recebe o Atlético-GO, às 21h30, na Ilha do Retiro, em Recife.