Corinthians sonha alto e começa reformulação com a revelação Tiago Nunes

Ele é mesmo um dos melhores técnicos da nova geração do futebol brasileiro.É uma grande aposta do Timão

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

O título da coluna de hoje tem duplo sentido. O Corinthians contratou (acertou) Tiago Nunes, técnico que fez do Athletico Paranaense um dos melhores times de futebol do País e sua diretoria "acertou" em cheio na escolha deste treinador para substituir o já desgastado Fabio Carille.

Tiago é mesmo um dos melhores técnicos da nova geração do futebol brasileiro. Ele tem ideias novas, não é retranqueiro como Carille e deve transformar totalmente o futebol que o Corinthians vinha produzindo.

Corinthians vai conhecer o trabalho de Nunes só em janeiro
Corinthians vai conhecer o trabalho de Nunes só em janeiro

OUTRO ESTILO DE PENSAR FUTEBOL

É lógico que Nunes vai cuidar da defesa como Carille fazia. Mas também vai priorizar a velocidade nos contra ataques, vai aprimorar as conclusões e não vai ter um único objetivo como Carille o de só privilegiar o setor defensivo de seu time.

Como maior exemplo dessa nova filosofia de trabalho estará o equilíbrio total entre os vá ;rios setores do time. Ou seja: o Corinthians vai continuar a se defender bem, mas também vai ter várias alternativas para chegar ao gol adversário e de fazer muitos gols.

FIEL TÁ COM SACO CHEIO

Na verdade, a Fiel já estava cansada de ver seu time só na defesa sem muita preocupação ofensiva. Com Tiago as coisas certamente vão mudar para melhor. A contratação do novo treinador foi rápida e objetiva.

Fizeram a proposta a Tiago Nunes que fez questão de consultar a diretoria do Athletico-PR. Ao perceber que a contra proposta do Furacão era inferior a do Corinthians, Tiago Nunes resolveu assinar com o Timão. Único pedido dele é ficar sem trabalhar até o final deste ano. Ele quer descansar.

ASSUME EM JANEIRO

Carille: vítima do esquema e da estrutura do Timão
Carille: vítima do esquema e da estrutura do Timão

A diretoria do Corinthians aceitou e o acordo foi definido. Nunes assume em janeiro e terá contrato até dezembro de 2020. Até lá, quem vai cuidar da preparação do time para os últimos jogos do Brasileirão 2019 é Dyego Coelho, que comandava o sub 20.

Será ele o técnico no jogo desse meio de semana contra o Fortaleza, no Itaquerão. Eu gostei muito da escolha feita pela diretoria corintiana. Trata-se talvez de um dos melhores técnicos da nova geração do futebol brasileiro.

Ele pode até não dar certo, mas que tem bagagem para impor nova filosofia de trabalho no Corinthians, não tenho a menor dúvida.

Ceni vai bem no Fortaleza
Ceni vai bem no Fortaleza
DUREZA CONTRA FORTALEZA

Aliás, por falar no Timão, lembro que ele joga nesse meio de semana, no Itaquerão, contra o Fortaleza de Rogério Ceni, a partir das 19h30 desta quarta feira. Jogo bem difícil para o alvinegro paulistano que não atravessa boa fase.

O Fortaleza, ao contrário, voltou a jogar um bom futebol sob o comando de Ceni e deve exigir muito da equipe da casa nesse jogo. Para o Corinthians, por sinal, vencer essa partida será fundamental para sua pretensão de ainda conseguir uma vaga na Libertadores do ano que vem.

NOVA COMISSÃO TÉCNICA

Caso empate ou venha a perder o jogo, vai se complicar muito na tabela de classificação e pode até ficar fora desta Copa, sonho dourado de todo clube brasileiro. Em tempo.

Tiago Nunes traz toda sua equipe técnica para o Corinthians. Assim, todos os assessores de Carille já foram desligados e o interino Coelho vai utilizar os mesmos profissionais que já o auxiliavam no sub 20.

C * U * R * T * A * S

Jorge Jesus: personagem marcante
Jorge Jesus: personagem marcante
* VAMOS a uma análise de todos os jogos que serão disputados nesse meio de semana pelo Campeonato Brasileiro de 2019. Nesta quarta, além de Corinthians e Fortaleza (que citamos acima) ainda jogam: Atlético MG x Goiás, em BH.

Jogo equilibrado. Avaí x Santos, em Florianópolis, as 21 horas. Peixão favoritaço. Vasco da Gama x Palmeiras, em São Januário, RJ, as 21h30. Verdão mais perto da vitória. Bahia x Chapecoense, em Salvador. Time da casa tem tudo para vencer mais uma. Athletico PR x Cruzeiro, em Curitiba. Furacão favorito.

BRIGAS DE QUINTA-FEIRA

* NA QUINTA feira o Ceará enfrenta o Internacional, em Fortaleza. Time local precisa muito da vitória, mas o Colorado gaúcho é melhor. Vejo o Inter com maior possibilidade de vitória. O São Paulo encara o Fluminense, no Morumbi, a partir das 19h30.

Tricolor paulista joga em casa e é um dos quatro melhores do campeonato. Já o Flu cai pelas tabelas e está na Zona do Rebaixamento. Time de Fernando Diniz mais perto da vitória. O Botafogo faz clássico contra o Flamengo, no Rio. Mengão pode golear de novo e confirmar a liderança do campeonato.

GRÊMIO COM TUDO

Renato Gaúcho: em alta de novo
Renato Gaúcho: em alta de novo
* EM PORTO Alegre, o Grêmio de Renato Gaúcho que quer vaga na próxima Libertadores, enfrenta o aplicado mas limitado CSA. Vejo o Tricolor gaúcho com grande favoritismo nesse jogo. Deve ganhar os três pontos. Antes desses jogos, a classificação é a seguinte:

Flamengo tem 71 pontos ganhos. Palmeiras, 63. Santos, 58. São Paulo, 52. Grêmio, 50. Athletico PR e Inter, 46. Bahia e Goiás, 42. Vasco, 39. Fortaleza e Atlético MG, 36. Botafogo, Ceará e Cruzeiro, 33. Flu, 31. CSA, 20. Chape, 21. Avaí, 17. Essa será a 31ª rodada do campeonato.

CONFIRA OS NÚMEROS

* NÚMEROS do campeonato. Flamengo tem maior número de vitórias - 22; melhor ataque, 64 e melhor saldo de gols - 39. Melhor defesa é a do São Paulo com 20 gols em 30 jogos. Faltam oito jogos para o final do campeonato. Serão 24 pontos em jogo.

Ainda dá para alguns clubes atingirem seus objetivos. Não é o caso de Chape e Avaí, por exemplo, que estão praticamente rebaixados. Mas é o caso de Flu, Cruzeiro e CSA se conseguirem se superas nas rodadas que faltam.

Na briga pela Libertadores, São Paulo e Grêmio lutam pelo quarto lugar.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos