Alô cruzeirense: aceita que dói menos

Cruzeiro vai se juntar a Guarani e Ponte Preta na Série B e, com certeza, vai passar pro um enorme processo de reformulação

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Que papelão, hein Cruzeiro!

Você, Cruzeiro, se transformou num 'réis' (estou acentuando a palavra para caracterizar a antiga moeda, e para se diferenciar de reis das monarquias).

Ou melhor, daquele cruzeiro nota de papel antiga você se transformou em moedinha, metaforicamente falando.

Quem não cria uma só real oportunidade de gol contra o Palmeiras, no Estádio do Mineirão, quer o que, Cruzeiro? Pois perde por 2 a 0 e ainda vê o concorrente direto Ceará arrancar empate por 1 a 1 no Rio de Janeiro, todos os jogos neste domingo.

Portanto, aceita que doi menos, como lembra a música do Trio Parada Duda.

Calma, verdadeiro cruzeirense, você não está jogado fora. Disputar uma Série B do Brasileiro não é desonra.

Clubes campeões como Corinthians, Palmeiras, Vasco, Botafogo, Grêmio e até o seu rival Atlético Mineiro já disputaram.

Portanto, cruzeirense ordeiro: aceite que doi menos, apesar da dor, como mostra o meia Marquinhos Gabriel, na foto. abaixo

Pra você cruzeirense vândalo, selvagem, bandido,

que atordoou outros torcedores com bombas, que seja identificado e punido na forma da lei.

Sua ira não foi diferente de tantos outros amargurados com o rebaixamento, mas depredar cadeiras do Estádio Mineirão, atirá-las sem rumo, com risco de atingir inocentes, é crueldade.

Pior, covarde que você foi, tapou o rosto com camisa para não ser identificado.

E por casa de seu vandalismo, seu covarde, seu clube certamente será penalizado com perda de mandos que pode atingir até dez jogos, pois a partida teve que ser interrompida aos 40 minutos do segundo tempo por falta de segurança.

PONTE PRETA

Aquela invasão de campo de torcedores pontepretanos no jogo do rebaixamento contra o Vitória da Bahia, na derrota por 3 a 2 em 2017, marcado pela dedada do zagueiro Rodrigo, se transformou em fichinha perto do palco de guerra neste domingo no Mineirão.

Agora, você torcedor cruzeirense ferido no fundo da alma pelo rebaixamento, saiba que ano que vem o seu time certamente vai garantir o acesso e reduzir a pretensão de outros que pleiteiam o mesmo objetivo na Série B.

Portanto...

Não foi o Palmeiras quem sepultou o objetivo de permanência do Cruzeiro na Série A. Mesmo que vencesse, de nada adiantaria, pois o Ceará atingiu o objetivo ao empatar com o Botafogo, no Rio de Janeiro, e se salvou.

Sendo assim, caro cruzeirense, aceite que doi menos

E em 2020 nos encontraremos, pois você, Cruzeiro, vai duelar com os campineiros Ponte Preta e Guarani.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos