Copa América: Técnico diz que Equador foi goleado pela seleção mais forte

No Mineirão, o Uruguai praticamente definiu a sua vitória no primeiro tempo ao abrir 3 a 0

por Agência Estado

Belo Horizonte, MG, 16 - Após a dura derrota por 4 a 0 para o Uruguai na estreia da seleção equatoriana na Copa América, o técnico Hernán Darío Gomez avaliou que a equipe adversária é a mais forte da competição.

Ele destacou que Oscar Tabárez tem trabalhado com a mesma base há muito tempo, incluindo vários atletas renomados, como Cavani e Suárez, o que dificultou a tarefa da sua equipe.

"Tivemos como rival um time uruguaio muito bem formado, com muitos bons nomes. Acho que estreamos com o time mais forte da Copa América de 2019, com muito trabalho, há muito tempo", disse o treinador colombiano, após o confronto deste domingo.

No Mineirão, o Uruguai praticamente definiu a sua vitória no primeiro tempo ao abrir 3 a 0 com os gols marcados por Lodeiro, Cavani e Suárez, além de ter ficado em vantagem numérica, pela expulsão de Quintero.

 Técnico diz que Equador foi goleado pela seleção mais forte
Técnico diz que Equador foi goleado pela seleção mais forte

PARA NÃO TER SIDO PIOR
Diante desse cenário, Gomez explicou que a sua orientação aos jogadores foi evitar a derrota por um placar ainda mais dilatado.

Ainda assim, saiu mais um gol na etapa final, contra de Mina, que selou o triunfo uruguaio por 4 a 0.

"Fizemos um primeiro tempo terrível. No intervalo, pedi-lhes que cuidassem do placar e não sofrêssemos mais gols", afirmou.

ERRADO NA ESCALAÇÃO
Gomez também admitiu que pode ter falhado na escalação, avaliando que uma formação mais retrancada poderia ter evitado uma derrota tão pesada.

"Não sei se foi um erro ter jogado de forma tão aberta. Eles nos venceram em todos os aspectos, isso é muito claro", disse.

Em busca da reabilitação na Copa América, o Equador voltará a jogar na sexta-feira, quando vai duelar com o Chile, na Fonte Nova, pela segunda rodada do Grupo C.