ATUAÇÕES: Defesa do Brasil e Venezuela são os destaques; Tite abaixo da média

A seleção brasileira ficou no empate sem gols diante da Venezuela em plena Arena Fonte Nova

por Kim Belluco

Campinas, SP, 18 (AFI) - O Brasil conheceu o seu primeiro tropeço na Copa América ao ficar no empate sem gols diante da Venezuela em plena Arena Fonte Nova. A seleção canarinho fez mais uma partida abaixo das expectativas, o que gerou inúmeras críticas por parte da torcida e da imprensa.

PRIMEIRO TEMPO SONOLENTO
Assim como foi diante da Bolívia, o primeiro tempo contra a Venezuela foi muito sonolento. Com exceção de um gol anulado do Firmino, o Brasil não conseguiu construir jogadas e ficou refém da forte marcação da equipe venezuelana.

SEGUNDO TEMPO MAIS EMOCIONANTE
No segundo tempo, o Brasil melhorou, mas ainda não jogou como seleção brasileira. A equipe de Tite viveu de lampejos de Everton e de um Gabriel Jesus, que buscou a bola por 45 minutos, mas também não teve sucesso.

O ponto positivo ficou por conta da defesa brasileira. Thiago Silva e Marquinhos fizeram um grande jogo, tanto que Alisson praticamente não foi ameaçado. O primeiro, inclusive, venceu todas as disputas.

Thiago Silva fez um bom jogo nesta terça - Lucas Figueiredo/CBF
Thiago Silva fez um bom jogo nesta terça
DESTAQUES NEGATIVOS
Firmino foi o destaque negativo do Brasil. O atacante do Liverpool teve participação nos três gols anulados, em duas em posição irregular. Faltou mais experiência para o atleta diante da Venezuela. Coutinho, apesar de ter sido considerado o melhor jogador da partida, na visão do FI ficou sumido e não tem conseguido carregar o fardo de protagonista.

Tite, por sua vez, teve a pior nota. O treinador fez substituições 'seis por meia dúzia', demorou para colocar Everton em campo e tem insistindo em atletas contestados, como o próprio Fernandinho. Falta arriscar.

VENEZUELA
Em meio à crise política, a Venezuela tem tido cabeça para disputar uma boa Copa América. Fez um plano de jogo perfeito, não deixando o Brasil ser superior e vai para última rodada com chances claras de avançar.

CONFIRA AS NOTAS DO FUTEBOL INTERIOR:

Alisson. Nota: 5.

Daniel Alves. Nota: 5,5.

Thiago Silva. Nota: 7.

Marquinhos. Nota: 6,5.

Filipe Luís. Nota: 5,5.

Arthur. Nota: 6,5.

Casemiro. Nota: 5.
Entrou: Fernandinho.
Nota: 5.

Philippe Coutinho. Nota: 4,5.

Richarlison. Nota: 4,5.
Entrou:
Gabriel Jesus.
Nota: 6.

Roberto Firmino. Nota: 4.

David Neres. Nota: 5.
Entrou:
Everton.
Nota: 6,5.

Tite. Nota: 2.

VENEZUELA. Nota: 7.