Após classificação, volante do Afogados desabafa: "Jogamos por prato de comida"

O time pernambucano surpreendeu ao derrotar o Atlético Mineiro, na Copa do Brasil, nos pênaltis

por Agência Futebol Interior

Pajeú, PE, 27 (AFI) - O Afogados, um time recém-fundado de Pernambuco, viveu nesta quarta-feira o seu auge ao eliminar o Atlético Mineiro da Copa do Brasil nos pênaltis. Após a classificação à terceira fase, muitos jogadores deram entrevistas emocionados com a 'conquista', uma delas chamou muito atenção, a do volante Eduardo Erê.

"Quero agradecer a Deus, esse jogo tem um significado imenso. Para o Atlético-MG era mais um jogo, para nós é um prato de comida. Eles poderiam ter uma melhor estrutura, um salário melhor. Mas, vontade eles não teriam mais que a gente, eu sabia. Nós colocamos isso dentro de campo e agora é comemorar e pensar também no Pernambucano", falou o atleta.

Afogados elimina o Atlético
Afogados elimina o Atlético

Outro destaque da classificação do Afogados, o goleiro Wallef falou sobre a vitória diante do Atlético Mineiro.

"Deus nos honrou mais uma vez. Agradeço por tudo, pela oportunidade. Pedi essa oportunidade a Ele. Dedico essa vitória a todo o pessoal da minha cidade e em especial ao meu pai, que não tenho mais. Pai essa é para o senhor e obrigado por tudo", concluiu Wallef.

O time pernambucano aguarda agora o vencedor de Ponte Preta e Vila Nova para conhecer o seu próximo adversário. O duelo será nesta quinta-feira.