Série C: Presidente do Ypiranga confirma saída, mas valoriza técnico ex-Ponte Preta

Celso Teixeira levou o Canarinho até a segunda fase; entretanto, acesso acabou batendo na trave

por Agência Futebol Interior

Erechim, RS, 18 (AFI) - Após o acesso no Campeonato Brasileiro da Série C bater na trave, Celso Teixeira não é mais o técnico do Ypiranga-RS. Em contato exclusivo do Portal Futebol Interior, o presidente do Canarinho, Adilson Stankiewicz, confirmou a informação.

"A gente acabou de ter uma reunião com o departamento de futebol e o professor, decidimos pelo encerramento do trabalho. O professor Celso Teixeira é uma pessoa maravilhosa, com o coração enorme. É um cidadão honesto, leal e excelente profissional. Teve quatro vitórias e um empate em oito jogos. Nos classificou para esta fase, não tenho dúvidas de que foram o trabalho, a motivação, a forma de ser, que nos levaram à decisão", avaliou.

"Na fase final, tivemos alguns percalços, problemas de arbitragem, alguns descontroles nossos, e acabamos não sendo exitosos na chegada à Série B, que era o grande desejo desse ano no clube. Então, o departamento de futebol, reunido, definiu que, para o Campeonato Gaúcho, precisaria de um técnico que conhece um pouco mais a competição, seria a primeira vez dele aqui no Gauchão. O perfil que traçamos é de alguém da região, que conhece o torneio", contou.

Foto: Reprodução/Instagram/Ypiranga Futebol Clube - Foto: Reprodução/Instagram/Ypiranga Fute
Foto: Reprodução/Instagram/Ypiranga Futebol Clube
TEM MAIS DETALHES
Celso Teixeira coleciona passagens por clubes como Portuguesa, Figueirense, Ponte Preta, Ceará, Bragantino, América-RN, River-PI, Treze-PB, Rio Branco-AC. Antes de chegar ao Ypiranga, estava no Atlético Cajazeiras-PB. Conquistou títulos como o Campeonato Alagoano de 2004 e 2011, o Campeonato Sergipano de 2012 e o Campeonato Potiguar de 2013.

"Ele é muito curto, são apenas oito jogos que definem se você vai permanecer no campeonato ou não. Nossa maior fonte de renda são os direitos de transmissão pagos pelo Campeonato Gaúcho. Então, não podemos correr nenhum risco de cair. Baseado nisso, o departamento decidiu pela mudança na comissão técnica", continuou.

"Mas o Celso deixou as portas totalmente abertas com a gente, é fantástico, conhece muito de futebol brasileiro. Quem sabe, numa Série C, a gente possa contar com ele. Para esse momento, pelo critério técnico, optou-se pela mudança, ainda não temos um nome. A gente deseja todo o sucesso, fica a amizade com o professor Celso", completou.