Com ex-São Paulo, atletas do Vélez são citados em denúncia de abuso sexual

O Vélez, primeiro argentino a incluir uma cláusula de rescisão em caso de comprovação de violência de gênero, soltou nota oficial

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - Uma denúncia muito grave foi registrada envolvendo quatro jogadores do Vélez, da Argentina, time que está na Copa Sul-Americana. Uma mulher de 28 anos foi até a Delegacia da Mulher de San Isidro, região de Buenos Aires, e relatou ter sofrido abuso sexual em uma festa onde Juan Martin Lucero, Thiago Almada, Miguel Brizuela e Ricardo Centurión, ex-São Paulo, estavam presentes.

O homem identificado como o abusador não foi nenhum dos quatro, mas a vítima afirmou que os jogadores estavam presentes. Ela também falou sobre cumplicidade dos presentes, mas não citou nomes, além de registrar que seus pertences foram roubados. A festa foi em uma casa na região nobre da cidade e o responsável pelo aluguel do local é o atacante Lucero.

O Vélez, primeiro argentino a incluir uma cláusula de rescisão em caso de comprovação de violência de gênero, soltou nota oficial, garantindo que entrou em contato com as autoridades para se certificar da situação do jogadores. Eles não foram denunciados, mas terão que prestar depoimentos como testemunhas.

CONFIRA A NOTA OFICIAL DO VÉLEZ:

Sobre os fatos de conhecimento público, o Vélez Sarsfield comunica que a instituição imediatamente se colocou à disposição da vítima, bem como da Justiça, fazendo contato desde a Área Jurídica com a Promotoria de Gênero de San Isidro, a cargo da Dra. Laura Zyseskind.

Nenhum jogador da equipe profissional foi denunciado ou acusado no caso até o momento desta publicação.

A Justiça vai ouvir o depoimento dos jogadores Miguel Brizuela, Thiago Almada, Ricardo Centurión e Juan Martin Lucero, para colaborar como testemunhas.

Apesar disso, os jogadores não serão relacionados para a partida de amanhã contra o Patronato, pela sexta rodada da Copa Diego Maradona.

O Clube continuará à disposição da Justiça e dará o devido acompanhamento ao caso.