TOCANTINENSE: Palmas e Tocantinópolis definem o campeão da edição de 2019

Por ter vencido o duelo de ida por 1 a 0, no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis, o time da casa joga pelo empate

por Reinaldo Cisterna

Palmas, TO, 22 (AFI) - Palmas e Tocantinópolis definem, neste domingo, 23, às 18 horas, no Estádio Nilton Santos, em Palmas, na partida da volta da final, quem será o campeão da edição de 2019 do Campeonato Tocantinense.

Por ter vencido o duelo de ida por 1 a 0, no Estádio Ribeirão, em Tocantinópolis, o Palmas joga pelo empate para chegar ao sétimo título. De olho na quarta taça, o Tocantinópolis precisa vencer por uma diferença de dois ou devolver o placar pela diferença mínima para levar a decisão do jogo para os pênaltis.

MAIS NÚMEROS
Ao longo da história, as duas equipes já se enfrentaram 43 vezes. São 15 vitórias do TEC contra 13 do Tricolor, além de 15 empates. O Tocantinópolis marcou 55 gols, enquanto o Palmas assinalou 46. O time da casa já conquistou seis títulos: 2000, 2001, 2003, 2004, 2007 e 2018. A equipe visitante levantou o troféu três vezes: 1993, 2002 e 2015.

TOCANTINENSE: Palmas e Tocantinópolis definem o campeão da edição de 2019
TOCANTINENSE: Palmas e Tocantinópolis definem o campeão da edição de 2019
IMPORTANTE
O campeão Tocantinense se garante nas próximas Copa do Brasil - com direito a mais de R$ 600 mil só para entrar em campo no primeiro jogo - e Copa Verde. As duas equipes também já estão classificadas para o Campeonato Brasileiro da Série D de 2020.

HISTÓRICO
Esta será a terceira vez duas equipes se enfrentam em uma final estadual. Em 2001, o Palmas foi campeão em Tocantinópolis após dois empates por 1 a 1 e vitória nos pênaltis por 5 a 4. Em 2002, o TEC deu o troco no Tricolor ao vencer a decisão em pleno Estádio Nilton Santos por 2 a 1 após empate por 1 a 1, em Tocantinópolis.

TIMES
O técnico do Palmas, Cássio Barros, tem dois desfalques importantes para a decisão. O lateral-direito Pablo recebeu o terceiro amarelo no jogo de ida e está fora. Wesley Cabeludo ou Max deve entrar no setor. Já o volante PC, com lesão muscular, saiu antes do intervalo na partida de ida e é outro desfalque. Rosinei deve começar. Nas demais posições, o treinador deve manter o mesmo time da última partida.

Pelos lados do Tocantinópolis, o treinador Roberto Oliveira, que pode chegar à sétima conquista no futebol tocantinense pela quinta equipe diferente (Araguaína, Palmas, Gurupi e Interporto), terá o desfalque do lateral-esquerdo Sousa, com o terceiro amarelo. Por outro lado, o meio-campista Ederson estará de volta. Ele havia sido suspenso com três jogos pela Segunda Comissão Disciplinar do TJD-TO, mas a diretoria do clube entrou com efeito suspensivo.