Série B: Presidente do Sport, Milton Bivar se defende: 'Não fui eu que aposentei Magrão'

Clube da Ilha do Retio ficou de pagar R$ 1.875.000,00 ao goleiro, considerado um dos maiores ídolos da história do Leão

por Agência Futebol Interior

Milton Bivar
Milton Bivar

Recife, PE, 11 (AFI) - O 'Caso Magrão' parece não ter fim. Mesmo com o acordo entre o goleiro e o Sport, que ficou de pagar R$ 1.875.000,00, o presidente rubro-negro, Milton Bivar, concedeu entrevista coletiva para dar a sua versão e, segundo ele, colocar um ponto final na história que vem se arrastando desde o começo da temporada.

O cartola afirmou que reconhece a importância do arqueiro, mas que não foi o responsável por aposentá-lo. Ainda disse que é muito comum um jogador não conseguir 'pendurar as chuteiras'.

CONFIRA A DECLARAÇÃO DO PRESIDENTE DO SPORT: