Seleção FI da Série B tem goleador da Ponte e técnico que parou o líder Bragantino

Felipe Conceição foi escolhido para comandar a equipe nesta 27ª rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - A 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terminou com o Bragantino na liderança isolada, com 54 pontos, seguido por Atlético-GO e Sport, com 46, e América Mineiro, o novo integrante, com 41. O Coelho, inclusive, derrotou o Massa Bruta.

Com isso, a Seleção FI foi montada com os principais destaques da rodada. Darley pegou pênalti e ganhou o posto de camisa 1. A equipe ainda conta com nomes conhecidos como Robson, do Coritiba, Pedro Carmona, do Sport, e Roger, da Ponte Preta.

O técnico escolhido foi Felipe Conceição, que vem realizando um grande trabalho na frente do América Mineiro, que até pouco tempo figurava na lanterna da competição.

Confira a seleção FI da 27ª rodada:

Goleiro: Darley (Botafogo)

Principal responsável pelo empate sem gols entre Botafogo e Figueirense no Santa Cruz.

Seguro, o goleiro fez boas defesas, mas se consagrou mesmo ao defender um pênalti cobrado por Andrigo, nos minutos finais do duelo.

O resultado não foi esperado, mas o Pantera teve um ponto na conta graças ao arqueiro.

Lateral-direito: Marcos Martins (São Bento)

Foi o principal nome do São Bento na vitória por 3 a 1 diante do Vila Nova. Marcos Martins teve participação efetiva de dois dos três gols da equipe. Foi dele a assistência para Zé Roberto desencantar. Antes, já tinha dado o cruzamento que acabou com Guilherme Romão mandando no fundo das redes.

Zagueiro: Ricardo Silva (América-MG)

Ricardo Silva conquistou um feito raro para qualquer defensor. Contra o Bragantino, ele marcou gol pelo terceiro jogo seguido e, de quebra, garantiu a importante vitória sobre o líder que colocou o América no G4 da Série B.

Pereira, no centro, fez grande jogo pelo Figueirense
Pereira, no centro, fez grande jogo pelo Figueirense

Zagueiro: Pereira (Figueirense)

O Figueirense não conseguiu quebrar a série negativa de 18 jogos sem vitória na Série B, mas fez um bom jogo contra o Botafogo e não venceu por detalhe.

Pereira foi o grande destaque pelo lado catarinense. O zagueiro venceu todas do rival e ainda tirou uma bola em cima da linha. Se doou ao máximo.

Lateral-esquerdo: Guilherme Romão (São Bento)

O São Bento colocou seus dois laterais na Seleção FI. Se Marcos Martins fez grande trabalho na direita, Guilherme Romão brilhou igualmente pelo lado esquerdo. O jogador tomou conta do setor, fez sua função muito bem defensivamente e ainda deixou sua marca quando se aventurou ao ataque.

Volante: Lucas Cândido (Vitória)

Além da consistência na marcação, o volante Lucas Cândido foi decisivo na vitória do Vitória sobre o Oeste por 3 a 1 quando se lançou ao ataque. Foi dele o cruzamento para Felipe Garcia abrir o placar e o chute que gerou rebote para Jordy Caicedo marcar o segundo gol da partida.

Robson brilhou contra Guarani
Robson brilhou contra Guarani

Meia: Robson (Coritiba)

O atacante garantiu a vitória do Coritiba em cima do Guarani por 1 a 0. Astuto, se desvencilhou da marcação e se antecipou ao goleiro para desviar de cabeça e fazer a festa no Couto Pereira. Foi um dos mais perigosos do Coxa durante todo o duelo.

Meia: Pedro Carmona (Sport)

Em apenas sete jogos com a camisa do Sport, o meia Pedro Carmona já mostrou para que veio, se destacando pelo afinado toque de bola. Prova disso aconteceu nesta segunda-feira (07) quando ele deu uma linda assistência para o gol de Guilherme, que abriu o placar para o Sport. Apesar da boa atuação, o time pernambucano ficou no empate por 1 a 1 com o CRB.

Meia: Daniel Costa (Criciúma)

Daniel Costa, ao lado do atacante Vinícius, foi um dos melhores do Criciúma no empate ante o Brasil. Correu, armou e deu trabalho para a zaga gaúcha. O jogador mostrou lucidez e toque refinado. Cansado, acabou substituído por Roberto Cavalo, mas saiu aplaudido pela torcida e elogiado pela imprensa local.

Roger é um dos pilares da Ponte Preta
Roger é um dos pilares da Ponte Preta

Atacante: Roger (Ponte Preta)

A noite foi de Roger. O atacante estava iluminado e comandou a Ponte Preta na vitória por 3 a 1 para cima do Londrina, no Moisés Lucarelli. Além de mostrar seu faro de artilheiro em duas oportunidades, sofreu o pênalti, que acabou sendo convertido por Renato Cajá.

Atacante: Jordy Caicedo (Vitória)

O atacante equatoriano foi o grande destaque do Vitória na partida contra o Oeste. Ligado em todas as jogadas, ele aproveitou dois rebotes do goleiro Luis Carlos para balançar as redes duas vezes e garantir a vitória por 3 a 1.

Técnico: Felipe Conceição (América-MG)

Mais do que venceu, com justiça, ao líder Bragantino (2 a 0) o Coelho chegou pela primeira vez ao G4 – zona de acessos. Algo anormal para um time que começou a competição muito mal, passou pela lanterna e pela zona de degola por várias rodadas.

Mas vive uma recuperação impressionante e promete brigar pelo acesso. Méritos totais de seu técnico, que conseguiu ajustar a equipe a partir da parte final do primeiro turno.

A rodada também chamou a atenção pela presença marcante de Milton Mendes, do São bento, que enfiou 3 a 1 no Vila Nova num ‘jogo de seis pontos’.

Ele tinha sido criticado por poupar sete jogadores no jogo anterior, diante do Bragantino, porque sabia que era mais importante bater o time goiano. Teve desabafo e tudo mais após o jogo em Sorocaba.

Felipe Conceição foi escolhido como técnico da Seleção FI - Mourão Panda / América
Felipe Conceição foi escolhido como técnico da Seleção FI