Em rodada de poucos gols, Seleção FI da Série B tem três volantes

O técnico escolhido é Antônio Carlos Zago, que colocou o Bragantino entre os melhores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 13 (AFI) - Finalizada a terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o líder Botafogo é o único que tem 100% de aproveitamento, mas vem sendo seguido de perto por Bragantino, Cuiabá e Londrina. Por outro lado, o Brasil de Pelotas ainda não somou nenhum ponto e amarga a lanterna.

O que chamou a atenção na terceira rodada foi o baixo aproveitamento ofensivo dos times. A goleada do Bragantino sobre o Atlético-GO, por 3 a 0, acabou salvando. No entanto, cinco partidas terminaram sem as redes serem balançadas.

A Seleção FI da 3ª rodada é a seguinte: Matheus Cavichioli (Oeste); Lucas Ramon (Bragantino), Augusto (Londrina), Ruan Renato (Figueirense) e Pará (Botafogo-SP); Edson (Ponte Preta), Ferrugem (CRB), Adilson Goiano (Criciúma) e Arthur (Guarani); Ytalo (Bragantino) e Felipe Marques (Cuiabá). Técnico: Antônio Carlos Zago (Bragantino).


A goleada sobre o Atlético-GO colocou o Bragantino entre os melhores da Série B
A goleada sobre o Atlético-GO colocou o Bragantino entre os melhores da Série B

CONFIRA A SELEÇÃO FI

Goleiro: Matheus Cavichioli (Oeste)
O Operário pressionou do início ao fim, mas não esperava encontrar pela frente uma muralha. Em noite inspirada, Matheus Cavichioli fechou o gol e garantiu um ponto importante para o Oeste neste início de Série B. Foram pelo menos três boas defesas, além das várias saídas nos cruzamentos.

Lateral-direito: Lucas Ramon (Bragantino)
Lucas Ramon também brilhou na vitória do Bragantino para cima do Atlético-GO. O jogador fez da lateral-direita um dos setores mais perigosos da equipe durante toda a partida. Foi dele o lançamento que culminou com o gol de Ytalo, que abriu a goleada no Nabi Abi Chedid.

Zagueiro: Augusto (Londrina)
Augusto foi um monstro no empate sem gols entre Coritiba e Londrina. O defensor foi um dos grandes responsáveis por segurar o poder ofensivo do Coxa. Ganhou todas as divididas e foi o cara pelo alto. Vem sendo um dos pilares do Tubarão nesse início de Série B.

Zagueiro: Ruan Renato (Figueirense)
O Figueirense foi até Recife querendo voltar para Florianópolis e conseguiu graças a uma atuação impecável do sistema defensivo. Ruan Renato e Alemão mostraram entrosamento, mas o primeiro chamou mais a atenção pois não perdeu nenhum lance, enquanto o companheiro correu o risco de ser expulso.

Lateral-esquerdo: Pará (Botafogo-SP)
Pará fez uma grande partida na vitória do Botafogo para cima do São Bento. O jogador foi a válvula de escape do time durante toda a partida e ganhou todas no seu setor. Foi perfeito na marcação, e ainda ajudou o ataque. Belo jogo realizado pelo botafoguense.

Autor de um golaço em cobrança de falta, Ferrugem está entre os melhores da rodada
Autor de um golaço em cobrança de falta, Ferrugem está entre os melhores da rodada

Volante: Edson (Ponte Preta)
Um dos poucos jogadores que tiveram uma boa atuação no péssimo jogo entre Vila Nova e Ponte Preta, que terminou empatado sem gols. De volta após desfalcar a Macaca nas duas primeiras rodadas por conta de uma lesão, Edson voltou com tudo. Tanto que mereceu elogios do técnico Jorginho após o confronto.

Volante: Adilson Goiano (Criciúma)
O Criciúma melhorou desde a sua entrada no time titular, já que deu mais liberdade para o experiente Wesley chegar mais ao ataque. Diante do América-MG, Adilson Goiano soube neutralizar bem os adversários responsáveis por criar as jogadas ofensivas. Tem tudo para ser o "homem de confiança" do técnico Gilson Kleina.

Volante: Ferrugem (CRB)
Fez sua estreia nesta Série B depois de ser apenas opção no banco de reservas nas duas primeiras rodadas e deu conta do recado. Na verdade, superou as expectativas. Ajudou na marcação e apareceu como elemento surpresa no ataque. Ainda por cima fez o segundo gol do Galo da Pajuçara em uma cobrança perfeita de falta.

Meia: Athur (Guarani)
Arthur foi um dos destaques do triunfo do Guarani para cima do Vitória por 3 a 1. O jogador foi o motorzinho da equipe, criou as melhores oportunidades da equipe, contribuiu na marcação e ainda deixou o seu, para o clube bugrino desencantar de vez.

Meia: Felipe Marques (Cuiabá)
Sempre foi o ‘cara’ do Dourado. No primeiro tempo, quando o time perdia, criou duas grandes chances. Uma chutou pra fora e outra acertou o travessão. No final, quando a derrota parecia certa, ele apareceu de novo dentro da área e chutou forte para empatar. Evitou uma invencibilidade do Dourado em casa de 15 jogos.

Antônio Carlos Zago foi eleito o melhor treinador da terceira rodada da Série B
Antônio Carlos Zago foi eleito o melhor treinador da terceira rodada da Série B

Atacante: Ytalo (Bragantino)
Ytalo foi o destaque da vitória do Bragantino por 3 a 0 para cima do Atlético Goianiense. Foi de seus pés que surgiram as melhores oportunidades do Massa Bruta no duelo. Ele ainda abriu o placar e deu o passe, que terminou em gol de Thiago Ribeiro.

Técnico: Antônio Carlos Zago (Bragantino)

Desde o Paulistão ele tem mostrado qualidades que o deixam entre os melhores treinadores do país. E parece ter nas mãos o controle do time do Bragantino, que fez 3 a 0 em cima do Atlético-Go, atual campeão goiano.

Mas não é bom o poderoso investidor – Red Bull Brasil – se acomodar, porque ainda está claro que o elenco precisa de algumas peças de qualidade para, efetivamente, brigar pelo acesso à elite nacional.