Paulistão: Na lanterna, São Bento demite Marquinhos Santos

Clima ficou insustentável após empate em casa contra a Ferroviária, que terminou em protestos da torcida

por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 10 (AFI) - O São Bento anunciou neste domingo a demissão do treinador Marquinhos Santos. A decisão foi tomada em reunião realizada pela manhã, após o empate sem gols com a Ferroviária na última sexta-feira, em jogo válido pela sexta rodada do Paulistão.

O resultado deixou o clima bastante complicado em Sorocaba. Ao fim da partida, torcedores foram até a porta do vestiário do Walter Ribeiro para protestar. Diretoria e jogadores foram cobrados, mas a principal pauta foi o pedido pela saída de Marquinhos, alvo dos principais xingamentos proferidos pelos presentes.

Marquinhos Santos não é mais técnico do Londrina.
Marquinhos Santos não é mais técnico do Londrina.

SEM VENCER
Sem vencer nenhuma partida na atual temporada, o técnico deixa o São Bento com a pior campanha geral do Paulistão e na lanterna do Grupo B, com três pontos.

Contratado em julho do ano passado, ele teve o cargo ameaçado em outras oportunidades durante a disputa da Série B, mas foi bancado pelo presidente Márcio Rogério Dias e conseguiu livrar o time do rebaixamento para a terceira divisão.

30 JOGOS
Desde que chegou, Marquinhos Santos comandou o time sorocabano em 30 partidas. Neste período, somou oito vitórias, nove empates e 13 derrotas, com 29 gols marcados e 38 sofridos. Após Mazola Júnior na Ponte Preta, Marquinhos é o segundo demitido do Paulistão.O novo treinador são-bentista deve ser anunciado no início da semana. O próprio Mazola é cotado para assumir o cargo, assim como Sérgio Soares.

Colaboração: Rivail Oliveira / Esportiva Regional