Paulistão: Ponte toma 'não' de velho conhecido e mira dois treinadores no mercado

À espera de espaço na Série A, Guto Ferreira recusou proposta da Macaca na noite de terça-feira

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 19 (AFI) - Horas depois de anunciar desligamento de Gilson Kleina, a Ponte Preta foi ao mercado em busca do novo treinador para sequência do Campeonato Paulista.

A opção imediata da diretoria atendia pelo nome de Guto Ferreira, demitido do Sport na última semana. O piracicabano, com longa história dentro do Moisés Lucarelli, na noite de terça-feira, recebeu contato da Macaca, mas, educadamente, descartou qualquer possibilidade de acerto.

Guto Ferreira recusou proposta da Ponte Preta - Fábio Leoni / AA Ponte Preta
Guto Ferreira recusou proposta da Ponte Preta
Embora não tenha revelado de forma explícita seus planos, o comandante deu a entender que não tem pretensão de voltar a Campinas por esperar uma proposta melhor - em outras palavras, da Série A do Brasileiro.

Lisonjeado pelo convite, deixou as portas abertas no Majestoso, mas reiterou vontade de não assumir nenhum clube no momento, enquanto espera as movimentações do mercado.

QUEM VEM?

Sem Guto Ferreira, plano A, a Alvinegra tem na lista três nomes, sendo um já descartado: Rodrigo Santana, já oficializado pelo Avaí.

Os alvos da cúpula campineiro são João Brigatti, atualmente no Sampaio Corrêa e mais próximo de um acerto, e Zé Ricardo, disponível no mercado após passagem pelo Internacional.

Enquanto isso, Fabinho Moreno, coordenador de futebol, segue no comando interino e será o responsável por dirigir os treinamentos da semana e, possivelmente, o duelo diante da Ferroviária, sábado, em casa, pelo Paulistão.