Por questões financeiras, diretoria da Ponte Preta suspende projeto institucional

Rádio 1900, inaugurada no primeiro semestre de 2019, era tida como um dos principais veículos da Macaca

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 12 (AFI) - A Diretoria Executiva da Ponte Preta, agora capitaneada pelo presidente Sebastião Arcanjo, determinou, na última segunda-feira, 11, a suspensão do projeto da Rádio 1900, 'A Voz da Macaca', iniciado no primeiro semestre de 2019.

"O projeto em si é muito bom. É importante que o time tenha sua própria voz institucional no rádio. Porém, no momento, temos de priorizar nas finanças do clube as despesas que são essenciais e a rádio ainda não é auto sustentável", explica.

Rádio 1900 é suspensa pelo presidente Tiãozinho
Rádio 1900 é suspensa pelo presidente Tiãozinho

"Por esta razão, estamos suspendendo por tempo indeterminado. Fazemos questão de agradecer ao trabalho de todos que participaram da Rádio, sob comando do jornalista Pedro Orioli. Não faltou dedicação nem competência, mas a instituição precisa concentrar esforços e recursos e, infelizmente, não será possível dar continuidade ao projeto neste momento", emendou.

OUTRO FOCO

Em paralelo, a ideia da cúpula pontepretana é criar meios de baixo ou nenhum custo para fortalecer a PonTV, canal institucional da Ponte no Youtube - no momento, são mais de 11.400 inscritos nesta ferramenta de comunicação.

"Entendemos que os meios institucionais de comunicação são muito importantes, até de maneira complementar à imprensa tradicional, que faz ótimo trabalho", acrescentou.

"Porém, de fato, neste momento, o aspecto que nos concerne é o financeiro. Desta forma, optamos em suspender um que era custoso e fortalecer outro que também é eficiente e pode crescer sem tanto investimento", conclui Tiãozinho.