Série C: Técnico do Paysandu lamenta empate com Botafogo-PB, mas valoriza desempenho

"A gente tem que analisar a partida de duas formas, pelo rendimento e pelo resultado", avaliou o treinador Matheus Costa

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 28 (AFI) - O Paysandu-PA estreou o técnico Matheus Costa na noite de sábado (26), quando foi ao estádio Amigão, em Campina Grande (PB), e ficou no empate, por 1 a 1, com o Botafogo-PB, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O comandante avaliou o resultado.

"A gente tem que analisar a partida de duas formas, pelo rendimento e pelo resultado. Pelo resultado, óbvio, que saímos um pouco frustrados pelo o que produzimos. Pelo rendimento, saímos satisfeitos porque foi uma equipe que buscou a vitória do início ao fim. Talvez no melhor momento da partida, em que tínhamos mais volume no nosso campo ofensivo, conseguindo envolver o adversário, em uma bola parada, acabamos sofrendo o gol", contou.

Matheus Costa - Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu
Matheus Costa - Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu
O Papão agora aparece na quinta colocação do Grupo A, com 11 pontos, abaixo dos integrantes da zona de classificação para a segunda fase - Ferroviário-CE e Santa Cruz, com 14, e Remo-PA e Vila Nova-GO, com 13. No sábado (3), faz Clássico Re-Pa, às 19h, no Mangueirão, em Belém (PA).

"Temos que ressaltar também que no momento mais adverso do jogo, no final da partida, uma situação muito tensa, com um jogador a menos, tivemos forças para buscar o resultado e levar um ponto para casa. Nos últimos três jogos, o Paysandu somou sete pontos, sendo quatro fora de casa. Isso é muito importante. Estar pontuando e ficando no G4, que é o nosso objetivo para ficar mais próximo das primeiras colocações e o mais distante possível do quinto colocado para estarmos em busca da classificação e do acesso. Mas lamentamos o resultado. Se tivesse que sair um vencedor, seria o Paysandu", encerrou.