Presidente da FPF garante: "Nenhum campeonato estadual vai acabar"

Reinaldo Carneiro Bastos foi enfático e afirmou que "se os estaduais acabarem, acaba o futebol brasileiro"

por Redação Wsports

Ribeirão Preto, SP, 06 (AFI) - O Presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, colocou um ponto final em um dos boatos mais comentados no mundo esportivo. Em evento realizado em um hotel em Ribeirão Preto, o Presidente da FPF afirmou que os Campeonatos Estaduais continuarão existindo.

Os estaduais sempre causam polêmica conforme vão se aproximando. Muitos defendem o fim das competições, por conta do calendário do futebol brasileiro. Além disso, muitos tratam os estaduais com desprezo, por considerarem a competição, teoricamente, a mais fraca ao longo do ano para as equipes da elite do futebol nacional.

Em entrevista exclusiva ao programa W Sports News, o Presidente da FPF afirmou que nenhum Campeonato Estadual irá acabar e defendeu a realização das competições.

“Nenhum Campeonato Estadual vai acabar. Se acabar o estadual, acaba o futebol brasileiro. Os estaduais são as únicas possibilidades de 700 clubes brasileiros praticarem futebol. Nós temos 20 clubes na Série A do Brasileiro, 20 clubes na Série B, 20 clubes na Série C e 64 clubes na Série D, que não têm vagas garantidas, elas [as vagas] vêm dos Campeonato Estaduais. Então, com calendário garantido são 60 clubes”, disse Bastos.

Além disso, o Presidente ressaltou que quem luta pelo fim dos estaduais são as elites da imprensa e de poucos dirigentes. Segundo Bastos, os estaduais são “o pulmão do futebol brasileiro”.

“O pulmão do futebol brasileiro é o campeonato estadual. Só interessa o fim dos estaduais para a elite da imprensa, uma pequena elite de dirigentes e para quem paga a conta. Para todos os outros seguimentos do futebol, para gerar emprego, receita, movimentar o PIB do futebol, o estadual é de vital importância”, destacou o Presidente.