Com Jean Mota eleito craque, Corinthians e Santos dominam a seleção do Paulistão

A festa de premiação do Campeonato Paulista aconteceu nessa segunda-feira, em São Paulo, com cobertura total do Futebol Interior

por Agência Estado

São Paulo, SP, 22 (AFI) - O Corinthians e o Santos dominaram a festa de premiação do Campeonato Paulista. O tricampeão estadual recebeu o troféu no palco e teve quatro jogadores no time ideal do torneio: Cássio, Danilo Avelar, Junior Urso e Gustavo, o Gustagol. O time da Vila Belmiro, que caiu nas semifinais para o Corinthians, contou com o craque e artilheiro da competição, Jean Mota, e teve outros três representantes no time do torneio. Além do melhor jogador, Gustavo Henrique, Victor Ferraz e Diego Pituca também integraram a equipe.

O São Paulo teve um jogador, o zagueiro Bruno Alves. O Palmeiras também contou com um representante, Dudu, mas não enviou representantes para a festa. A revelação e que completou a seleção foi o atacante Martinelli, do Ituano, que não compareceu à festa pois está negociando a transferência para o futebol europeu. O treinador eleito foi Antonio Carlos Zago, do Red Bull Brasil. Os 11 jogadores de linha e o técnico foram eleitos por votação dos capitães e treinadores de cada equipe.

A festa de premiação teve show da dupla sertaneja Marco e Belutti e da cantora Iza. A apresentação foi feita pelo comentarista Caio Ribeiro, da Globo, e contou com um breve discurso do presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos.

O dirigente parabenizou o Corinthians pela conquista. "Foi um time que evoluiu ao longo do tempo e ganhou com justiça o Paulistão. Parabéns Corinthians!", disse. E também destacou a estreia do árbitro de vídeo no torneio. "Foi um trabalho em equipe jamais visto na história do futebol paulista. É evidente que temos muito o que melhorar, mas estamos reconstruindo o caminho", comentou.

A escalação do time ideal do Paulistão ficou assim: Cássio; Victor Ferraz, Bruno Alves, Gustavo Henrique e Danilo Avelar; Diego Pituca, Junior Urso e Jean Mota; Martinelli, Gustagol e Dudu. Técnico: Antonio Carlos Zago.

Confira a lista de premiados do Paulistão:

Melhor trio de arbitragem: Raphael Claus, Marcelo Van Gasse e Danilo Simon

Artilheiro: Jean Mota, com sete gols (Santos)

Revelação: Martinelli (Ituano)

Craque da torcida: Cássio (Corinthians)

Gol mais bonito: Bruno Lopes (Oeste) - marcado na derrota por 3 a 2 para o Santos

Craque do Paulistão: Jean Mota (Santos)