Presidente de virtual rebaixado na Série B renuncia ao cargo

A carta foi entregue ao Conselho Deliberativo após a derrota para o Cuiabá, na última terça-feira

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 20 (AFI) - O Paraná está à deriva. Na noite da última terça-feira, logo depois da derrota para o Cuiabá, por 2 a 0, em plena Vila Capanema, o presidente Leonardo Oliveira entregou ao Conselho Deliberativo uma carta de renúncia.

"O Paraná Clube vem a público informar que o presidente Leonardo Oliveira assinou, na noite desta terça-feira (19), a carta de renúncia do seu respectivo cargo dentro do Clube.

O Tricolor comunica que ainda nesta quarta-feira (20), será realizada uma reunião do Conselho Consultivo para deliberar um nome que assumirá a gestão do Clube até a realização de novas eleições", comunicou o clube em nota oficial.

Leonardo Oliveira abandonou o Paraná (Foto: Felipe Dalke/Rádio Banda B)
Leonardo Oliveira abandonou o Paraná (Foto: Felipe Dalke/Rádio Banda B)

A saída de Leonardo Oliveira vem em um momento bastante delicado. O Paraná pode ver Náutico e Vitória abrirem seis pontos de vantagem nesta quarta-feira, o que deixaria o clube ainda mais perto da Série C, pois faltariam apenas duas rodadas.

MAIS DELE
Leonardo Oliveira é o presidente que ficou mais tempo no cargo durante toda a história do Paraná Clube. Eleito em 2016, ele acabou sendo reeleito em 2019 e seu mandato se encerraria em dezembro de 2021.

Com Leonardo Oliveira, o Paraná voltou a disputar a elite do Brasileirão em 2017 depois de dez anos longe, mas foi rebaixado na temporada seguinte com um desempenho pífio: foram 23 pontos em 38 jogos.

Nos últimos anos, o Tricolor voltou a ter problemas financeiros por conta da má gestão de Leonardo Oliveira e isso se refletiu dentro de campo, com campanhas ruins tanto no âmbito estadual quanto nacional.