Série C: Valorizada por Márcio Goiano, atletas da base rendem frutos ao Náutico

Treinador, desligado do cargo no fim de semana, foi o responsável por promover vários garotos ao time de cima

por Lucas Rossafa

Recife, PE, 14 (AFI) - Márcio Goiano deixou o comando do Náutico com mais de 60% de aproveitamento e uma longa série de invencibilidade, além de promover vários garotos das categorias de da base ao time profissional.

Entretanto, a derrota para o Ferroviário, no Estádio dos Aflitos, pela Série C, e a eliminação na semifinal da Copa do Nordeste, foram determinantes para sua saída.

"Disputamos três competições: Copa do Brasil, Copa do Nordeste, na qual ficamos entre os quatro melhores, e o Estadual, onde alcançamos o vice-campeonato. Porém, no futebol, é assim. Tenho de dar sequência ao trabalho em outro clube. Só tenho a agradecer ao Náutico e aos torcedores pela grande oportunidade", comentou o treinador.

Márcio Goiano deixa Náutico com mais de 60% de aproveitamento - Divulgação
Márcio Goiano deixa Náutico com mais de 60% de aproveitamento

MOLECADA

Goiano foi o grande responsável pela utilização de vários atletas da base no time de cima, como o lateral Hereda, os volantes Luiz Henrique, Waguininho e Rhaldnei, os meias Lucas, Luis Felipe e os atacantes, Tharcísio, Odilávio, Robinho e Thiago, lançado com apenas 17 anos e com convocação à Seleção Brasileira Sub 18.

"São jogadores de qualidade. Tenho certeza que darão muitos frutos ao club. A utilização desses meninos também é importante pela visibilidade adquirida. Foi caso do Thiago, o qual teve essa grande oportunidade de ser convocado à Seleção", enalteceu.

INVENCIBILIDADE

Márcio Goiano, embora tenha sido desligado do cargo técnico, deixa marcas importantes: teve duas sequências sem derrotas durante sua trajetória pelo Timbu.

A primeira ocorreu na Série C do Campeonato Brasileiro de 2018, quando passou dez jogos invicto. A segunda foi no decorrer da atual temporada, com 18 partidas, sendo a maior do Brasil neste ano.