MINEIRO: Atlético elimina o América e vai fazer final inédita com time do Interior

Galo vai disputar sua 14.ª final consecutiva, mas sem a presença de seus maiores rivais, o Cruzeiro e o América

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 5 (AFI) – O Atlético Mineiro confirmou sua presença na final do Campeonato Mineiro ao vencer o América por 3 a 0, nesta quarta-feira à noite, na Arena Independência. O Galo já tinha vencido o primeiro jogo, disputado no Mineirão, por 2 a 1. Esta vai ser a 14.ª final consecutiva do Galo dentro do Estadual. Os gols foram marcados por Réver, Marrony e Savarino.

O adversário do Galo vai ser a Tombense, que pela primeira vez disputará o título estadual. À tarde venceu a Caldense, por 2 a 0, também fechando a semifinal com duas vitórias, porque no primeiro confronto tinha feito 1 a 0.

As finais vão ser realizadas nos dias 26 e 30 de agosto. O Galo no Brasileirão e o time do interior na Série C. O curioso é que a Tombense vai jogar por empate nos dois jogos, por ter feito a melhor campanha na fase de classificação. O Atlético terminou em terceiro, inclusive, atrás do América.

VEJA OS GOLS DO GALO !

ERA PRA EXPULSAR
Ao contrário do que esperava Jorge Sampaoli, o América se mostrou agressivo desde os primeiros minutos. Ainda sem completar os primeiros 60 segundos, Ademir arrancou sozinho e foi segurado pelos braços por Junior Alonso.

O árbitro só mostrou cartão amarelo, gerando muita revolta por parte dos americanos. Como o atacante seguia sozinho em direção ao gol a regra diz que o cartão vermelho deve ser aplicado. De tanto reclamar, o técnico Lisca acabou recebendo o cartão amarelo.

Depois do susto, o Atletico equilibrou as ações, mas sem mostrar muita força no ataque. A melhor chance do primeiro tempo saiu aos 45 minutos, quando a defesa saiu errado e Matheusinho desceu em disparada. Ele chutou de fora da área e Rafael fez a defesa, espalmando para escanteio.

Marrony marcou um golaço
Marrony marcou um golaço
SAMPAOLI AMARELADO

Na volta do segundo tempo, o Coelho seguiu na frente. Aos oito minutos, Ademir arriscou de longe e Rafael fez a defesa em dois tempos.

O técnico atleticano Sampaoli se mostra irritado, reclama e acaba penalizado com o cartão amarelo.

Mas se acalmou logo quando Réver abriu o placar. O experiente zagueiro testou no alto após escanteio, marcando seu 27.º gol com a camisa do alvinegro.

NO DESESPERO
O Coelho ainda foi valente, tentou ir ao ataque, mas encontrou o rival fechado e determinado a segurar a vantagem. A melhor chance esteve nos pés de Felipe Augusto, quando a defesa errou na linha de impedimento e atacante entrou sozinho na grande área. O chute saiu rasteiro e cruzado, mas Rafael caiu do lado direito e fez a defesa.

Réver festeja seu 27º gol pelo Galo
Réver festeja seu 27º gol pelo Galo

MAIS GOLS
Quem não faz, leva. Aos 27 minutos, Marrony fechou o caixão com um golaço. Ele saiu sozinho nas costas da defesa e tentou o drible em cima do goleiro. Mesmo sem ângulo ele bateu por cobertura, a bola tocou na trave e entrou.

Mas ainda deu tempo de fazer mais um gol aos 40 minutos. Samarino recebeu no lado direito da área e chutou rasteiro. A bola passou entre as pernas do goleiro Airton. Final, 3 a 0.