Paulista A3: Técnico do Marília comenta paralisação e opina sobre o futuro

"Eu penso que, se as competições não voltarem, para mim é como se não tivessem acontecido e deveriam, em 2021, começar do zero", disse

por Agência Futebol Interior

Marília, SP, 27 (AFI) - O mundo da bola está parado por conta da pandemia de Covid-19, o novo coronavírus. Técnico do Marília, Guilherme Alves afirmou que ainda não sabe o que ocorrerá com o Campeonato Paulista da Série A3. Ele ainda revelou que acredita que o justo é que as competições sejam canceladas, sem campeões, acessos e rebaixamentos.

“O Alysson (Alex Souza, vice-presidente alviceleste) tem conversado constantemente com outros dirigentes, para discutir principalmente a questão dos contratatos dos atletas, que na sua maioria termina em maio. Acredito que entre 10 e 12 dias, a Federação terá que se pronunciar com uma definição sobre os estaduais”, disse o comandante maqueano ao Jornal da Manhã.

"Eu não sei se é o justo, mas eu penso que, se as competições não voltarem, para mim é como se não tivessem acontecido e deveriam, em 2021, começar do zero. Deixo bem claro que essa minha opinião não leva em conta justiça ou não. Só que é estranho definir campeão ou quem sobe e não ter rebaixados, como tenho ouvido de muita gente sobre o assunto”, destacou.

Foto: Divulgação - Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
MAIS ESSA...
O treinador ainda contou que a questão financeira será outro ponto importante em clubes que não têm calendário nacional no segundo semestre, já que a maioria dos contratos se encerra em maio, após os Estaduais.

“É fato que, se a competição não voltar, e é bem provável que isso aconteça, o MAC e outros clubes da Série A3 e de outras divisões acima não terão condições de pagar tudo até o fim dos contratos. Terá que haver negociação e isso não será de maneira fácil", encerrou.