LDU-EQU 2 x 1 Flamengo - Mengão perde de virada e decide vaga contra Peñarol

Com o resultado, o time ficou com nove pontos no Grupo D, ao lado do Peñarol

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 25 - Com atuação ruim, o Flamengo perdeu de virada para a LDU, por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Quito, pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, perdendo a chance de se classificar antecipadamente às oitavas de final.

Com o resultado, o time ficou com nove pontos no Grupo D, ao lado do Peñarol, que também perdeu para o San José, na Bolívia, por 3 a 1, sendo que os cariocas estão à frente pelo saldo de gols. A LDU chegou aos sete pontos.

Espaço incorporado por HTML (embed)

Na sexta e última rodada do grupo, em 8 de maio, três equipes vão lutar pelas duas vagas na próxima fase. Peñarol e Flamengo vão jogar em Montevidéu, com o time carioca só precisando do empate para avançar às oitavas de final. No mesmo dia, a LDU receberá o San José.

MENGÃO NA FRENTE!
Visivelmente preocupado em não se desgastar por causa dos efeitos da altitude de 2.850 metro da capital equatoriana, o Flamengo adotou uma postura defensiva no primeiro tempo. Obrigada a conquistar uma vitória para manter chances de classificação, a LDU, fraca tecnicamente, tinha a posse de bola, mas cometia muitos erros nos passes e cruzamentos.

Mais efetivo, o Flamengo abriu o placar na primeira chance que teve na partida. Pará cruzou com rara felicidade e Bruno Henrique cabeceou. A bola chegou a pegar no braço esquerdo do atacante.

Flamengo perde para a LDU - Alexandre Vidal / Flamengo
Flamengo perde para a LDU

Com a vantagem, a equipe carioca se fechou ainda mais e tomou sustos. Diego Alves fez grande defesa em finalização do lateral Quinteros, aos 31 minutos. Jhoajan Julio, Anangonó e mais uma vez Quinteros tiveram chances para empatar.

O Flamengo também teve suas oportunidades para ampliar. Bruno Henrique, que lutou praticamente sozinho no ataque, pois Gabriel pouco apareceu nos 45 minutos iniciais, forçou o goleiro Gabbarini a fazer bela defesa aos 37.

EMPATE NO FIM
E quando tudo levava a crer que o time carioca terminaria o primeiro tempo em vantagem, um chutão mostrou que a bola realmente fica mais leve em Quito. A bola correu muito e encontrou Anangonó livre diante de Diego Alves, que demorou para sair do gol: 1 a 1.

Um dado importante foi o número de faltas. A LDU cometeu seis, enquanto o Flamengo só fez três faltas na primeira etapa. Nas finalizações, o time equatoriana tentou nove vezes, enquanto a equipe brasileira arriscou em três oportunidades.

O técnico Abel Braga, que estava suspenso pela Conmebol e assistiu ao jogo de um camarote, mandou o auxiliar Leomir, que estava no banco, trocar Arrascaeta por Diego no intervalo. Mas o domínio ficou maior para a LDU.

A sorte do Flamengo é que o time equatoriano errava demais. Quando acertou as jogadas, parou na grande atuação de Cuéllar e Rodrigo Caio. Diego a Everton Ribeiro foram os responsáveis por iniciarem os contra-ataques, mas o Flamengo demonstrou cansaço.

VIRADA
De tanto tentar, a LDU conseguiu a virada. Na primeira falha de Cuéllar, Chicaiza dominou pela esquerda, driblou o colombiano e Everton Ribeiro para bater forte no ângulo esquerdo de Diego Alves.

O fim de jogo foi dramático. Bruno Henrique e Vitinho conseguiram finalizar, mas pararam em Gabbarini. Diego Alves, com dores nas costas, foi substituído por César. Desesperado e sem fôlego, o Flamengo se jogou ao ataque, mas sem inspiração e força.

Com isso, a LDU colecionou contra-ataques, mas não teve qualidade para conseguir mais gols. Só Anderson Julio teve duas boas oportunidades no fim.

Ficha Técnica

Fase
Fase de Grupos
Rodada
5ª rodada
Data
24/04/2019
Horário
21h30
Local
Casa Blanca - Quito (EQU) ()
Árbitro
Néstor Pitana (ARG)

Assistentes

Cartões Amarelos
LDU-EQU: Intriago, Chicaiza
Flamengo-BRA: Rodrigo Caio

Gols
LDU-EQU: Anagonó 47' 1T, Chicaiza 27' 2T
Flamengo-BRA: Bruno Henrique 18' 1T
LDU-EQU
Gabbarini;
Quintero, Guerra (Nico Freire), Carlos Rodríguez e Christian Cruz;
Intriago,Orejuela, Anderson Julio e Jhojan Julio (Chiciaza);
Anangonó e Ayoví (Muñoz)
Técnico: Pablo Repetto
Flamengo-BRA
Diego Alves (César);
Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê;
Cuéllar, Willian Arão e Arrascaeta (Diego);
Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol (Vitinho).
Técnico: Leomir (interino)