Grêmio ficará em Porto Alegre e Renato Gaúcho volta na segunda-feira

Clube havia programado viagem à Criciúma (SC), mas recuou após o Governo do Rio Grande do Sul permitir o retorno das atividades

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 10 (AFI) - Com a liberação dos treinos coletivos no Rio Grande do Sul a partir da próxima segunda-feira, o Grêmio comunicou que não viajará mais para Criciúma. Além disso, assegurou o retorno do técnico Renato Gaúcho e novos testes em todos os jogadores, comissão técnica e funcionários.

A decisão de viajar para Santa Catarina foi tomada por conta da restrição no Rio Grande do Sul, que só permitia treinos físicos individuais. Na quinta-feira, porém, o governador Eduardo Leite teve uma reunião com o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, e liberou a retomada dos treinos e do Campeonato Gaúcho.

CONFIRA A NOTA OFICIAL DO GRÊMIO

"O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, considerando os anúncios do governo estadual na última quinta-feira e municipal, na tarde desta sexta, liberando treinos coletivos, mediante protocolos já provisionados no Centro de Treinamento Presidente Luiz Carvalho, além de novos procedimentos a serem instaurados seguindo orientação da Secretaria Municipal da Saúde, comunica mudança em seu planejamento e a permanência de seu elenco em Porto Alegre.

A partir da próxima segunda-feira, 13 de julho, a equipe profissional passará a uma nova fase de treinamentos sob o comando do técnico de Renato Portaluppi, com foco direcionado para os ajustes técnicos e táticos".