Em final diante do Brusque, Hemerson Maria busca primeira taça no comando do Figueirense

Treinador foi contratado no fim de novembro de 2018 para herdar a vaga de Rogério Micale

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 04 (AFI) - O Figueirense tem duelo decisivo na noite desta quinta-feira. No Estádio Orlando Scarpelli, o Furacão encara o Brusque, a partir das 19h, em partida que vale o título da primeira edição da Recopa Catarinense - a competição reúne os campeões do Campeonato Catarinense e da Copa Santa Catarina da última anterior.

Caso o jogo único termine empatado no tempo regulamentar, o vencedor será decidido nas cobranças de penalidades.

RETORNO

O duelo frente o Brusque marca também o retorno do time de Florianópolis aos gramados após o início do recesso para a Copa América.

A intertemporada foi bem aproveitada pela comissão técnica alvinegra, a qual projeta evolução já a partir do confronto desta noite.

"Foi um período muito produtivo. Dividimos o grupo, onde uma pequena parte teve, aproximadamente, uma semana de folga, principalmente os jogadores que atuaram mais. Tivemos jogadores que fizeram atividades para potencializar questões físicas, como força, resistência e velocidade", explica Maria.

"Outros, devido à intensidade dos trabalhos, sentiram um pouco de dores musculares e foram preservados, enquanto os demais aperfeiçoaram valências físicas que necessitavam de uma melhora", emendou.

Contratado no fim de 2018, Hemerson Maria busca primeiro título pelo Figueirense - Matheus Dias/FFC
Contratado no fim de 2018, Hemerson Maria busca primeiro título pelo Figueirense

Figueirense e Brusque vão disputar a primeira taça da história da Recopa Catarinense, competição lançada pela Federação Catarinense de Futebol (FCF) neste ano.

O Alvinegro encara final justamente como uma possibilidade de ficar registrado na história do futebol estadual, além da motivação extra ao elenco na busca por nova taça.

"Para o clube, o título será importante. Nós, jogadores, ficaremos marcados na memória da nação alvinegra com algo que poucos conquistaram", relembra o meia Fellipe Mateus.