Série D: Ferroviária renova com lateral alvo do Juventude, mas rescinde com atacante

A Ferroviária está viva na Copa do Brasil e tem a Série D do Campeonato Brasileiro em 2020

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 06 (AFI) - A Ferroviária, que está viva na Copa do Brasil e tem a Série D do Campeonato Brasileiro, segue tendo alterações em seu elenco, tanto com reforços quanto com saídas.

SAÍDAS

O atacante Felype Hebert, que retornou após empréstimo ao Marcílio Dias-SC, teve sua rescisão publicada. O jogador se destacou em 2019 ao fazer 28 jogos e oito gols na Ferroviária, mas agora ficou sem espaço. No setor, o time comandado por Dado Cavalcanti tem nomes como Will Viana, Bruno Mezenga, Léo Castro, Gleyson 'Caveirão' e Felipe Estrella.

Foto: Tiago Pavini/Ferroviária SA
Foto: Tiago Pavini/Ferroviária SA
O zagueiro Elton, de 31 anos, teve seu contrato encerrado e se despede do clube. Ele estava na Locomotiva desde 2017, foi emprestado ao São Bento na temporada passada, e retornou neste ano.

O volante Higor Meritão e o meia Léo Artur possuem contratos com a Ferroviária, mas devem ser emprestado a times da Série B, a exemplo do que ocorreu com o meia Felipe Ferreira, que foi para o Cuiabá.

RENOVOU

Lucas Mendes, lateral-direito, também chegou a despertar interesse do Juventude-RS, mas a Ferroviária vetou a negociação e conta com ele para a Série D. Nesta quinta-feira, teve sua renovação publicada no BID - foi estendido até 2022.

TEMPORADA

A Ferroviária está na terceira fase da Copa do Brasil - empatou por 0 a 0 com o América-MG no primeiro jogo. A Série D está prevista para setembro e o time está no Grupo A7, ao lado de Bangu-RJ, Cabofriense-RJ, Portuguesa-RJ, FC Cascavel-PR, Mirassol, Nacional-PR e Toledo-PR.