Cuiabá aposta na invencibilidade em 2020 para começar bem a Série B

Cuiabá receberá o Brasil, de Pelotas, na Arena Pantanal, na sexta-feira, às 19h15

por Pedro Lima - Olhar Esportivo

Cuiabá, MT, 06 (AFI) - O Cuiabá apostará em sua invencibilidade na atual temporada para começar bem a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Tendo jogado apenas o Estadual Mato-grossense, o Dourado acumula seis vitórias e três empates em 2020. As informações são do jornalista Pedro Lima, do Olhar Esportivo.

Sem falar que o clube mato-grossense quer repetir a estreia do ano passado. Em 2019, o Cuiabá debutou na Série B e deu a largada com vitória sobre o Criciúma, por 1 a 0, no Heriberto Hulse. Desta vez, a estreia será em casa.

Ainda com portões fechados por conta da pandemia do novo coronavírus, o Cuiabá receberá o Brasil, de Pelotas, na Arena Pantanal, na sexta-feira, às 19h15. O estádio da Copa do Mundo de 2014, aliás, foi palco para o treino do time na última quarta-feira.

Arena Pantanal receberá o 1º jogo da Série B.  (Foto: Ascom Cuiabá)
Arena Pantanal receberá o 1º jogo da Série B. (Foto: Ascom Cuiabá)

REFORÇOS!
Visando a Série B, o Cuiabá foi às compras durante a paralisação e acertou com oito reforços. Três deles vieram do Grêmio Novorizontin: Éverton Sena, Felipe Marques e Jenison.

Ainda no interior paulista, o Dourado acertou com o lateral-esquerdo Romário, ex-Mirassol e que pertence ao Santos. Para o ataque vieram Yago, ex-Ituano, Fabrício Daniel, ex-Noroeste, e Felipe Ferreira, da Ferroviária, ex-CRB e Vasco.

Não satisfeito, o clube do Centro-Oeste acertou com o lateral-direito Lucas Ramon, ex-Coritiba e que pertence ao RB Bragantino.

AMISTOSOS!
O Cuiabá, na última semana, realizou dois amistosos em Goiânia contra rivais da Série A. O Dourado empatou, por 1 a 1, com o Atlético-GO no CT do Dragão, e superou o Goiás, por 2 a 0, na Serrinha.

Na estreia, o técnico Marcelo Chamusca deverá mandar a campo: João Carlos; Hayner, Everton Sena, Anderson Conceição e Romário; Auremir, Rafael Gava e Elvis; Yago, Jenison e Felipe Marques.