Henrique lamenta nova derrota do Cruzeiro e promete garra: "Não depende só de nós"

A Raposa acabou com um revés por 1 a 0 diante do Vasco da Gama, em São Januário

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 02 (AFI) - O semblante dos jogadores do Cruzeiro após a derrota por 1 a 0 para o Vasco da Gama, em São Januário, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, traduziu bem a situação do clube na tabela de classificação. Alguns atletas, como o lateral Orejuela, deixaram o gramado chorando. O volante Henrique foi o único a dar entrevista para a imprensa e não conseguiu esconder as lágrimas.

"É muito difícil falar depois de uma derrota, onde havia possibilidade de sairmos da colocação que nos encontramos. Temos que ter forças. Agora é um jogo dificílimo contra o Grêmio, onde não podemos baixar a guarda. Sabemos que cada vez se torna mais difícil. Temos que vencer os dois jogos, contra o Grêmio e contra o Palmeiras. Não dependemos só de nós. Se temos possibilidades, vamos correr atrás", afirmou o volante.

Henrique lamentou a derrota do Cruzeiro
Henrique lamentou a derrota do Cruzeiro
Como Henrique adiantou, o Cruzeiro terá pela frente o Grêmio, em Porto Alegre, e o Palmeiras, no Mineirão, dois clubes que já confirmaram vaga na Copa Libertadores e buscam apenas melhorar suas respectivas colocações no Brasileirão. Para permanecer na divisão, terá que vencer os dois jogos e torcer por ao menos uma derrota do Ceará.

"Não podemos lamentar o que passou. Vamos buscar duas vitórias e torcer. Jogamos numa grande instituição, mas chega um momento que as coisas não vão dando certo e a ansiedade, a bola acaba acelerando. Temos que ter forças. Muitos já viveram isso, muitos não. Temos que tirar forças de onde tem para buscar vencer os dois jogos e torcer pelo resultado negativo do Ceará", concluiu.

DESTAQUES

Bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, o meia Éverton Ribeiro falou do momento ruim de sua ex-equipe no Brasileirão. O jogador acabou de conquistar a taça pelo Flamengo.

"Tenho amigos no Cruzeiro, um carinho e uma gratidão muito grande. Estão passando por uma situação muito difícil, mas fico na torcida para que essa fase ruim possa passar e que permaneçam na Série A", falou Éverton Ribeirão, em entrevista ao SporTV.

"Estou lamentando essa situação do Cruzeiro. É um time bicampeão da Libertadores, multicampeão da Copa do Brasil. Dirigente fazendo coisas erradas, dirigentes em páginas policiais. Isso tudo refletiu dentro de campo. Frutos que estão colhendo. É o momento mais difícil de sua linda história", completou Roger, comentarista e também ex-meia do time celeste.

SITUAÇÃO

Há sete jogos sem vencer, o Cruzeiro ocupa a 17ª colocação, com 36 pontos, dois a menos do que o Ceará, o primeiro fora da zona de rebaixamento.