Após falar em 'confiança da diretoria', Hemerson Maria é demitido do Criciúma

O treinador teve que dar coletiva de imprensa antes de saber da demissão, mostrando total falta de consideração do clube com o técnico

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 01 (AFI) - Hemerson Maria não é mais técnico do Criciúma. A diretoria anunciou a saída do treinador instantes depois da coletiva de imprensa dele falando em confiança no trabalho apesar dos resultados ruins no Campeonato Catarinense. O ponto final foi na derrota, em pleno Heriberto Hülse, por 1 a 0, frente ao Próspera, na última quarta-feira.

"Não tem como eu pegar e abandonar. A diretoria confia no meu trabalho, não existe cabeça baixa, e na minha vida tudo foi conquistado com muitas dificuldades", falou Hemerson Maria, instantes antes de ser demitido do cargo de treinador.

Hemerson Maria é demitido do Criciúma
Hemerson Maria é demitido do Criciúma
Além de Hemerson Maria, deixam o clube: o auxiliar Emerson Nunes e o preparador físico Alexandre Souza. O presidente Anselmo Freitas, à TV Tigre, deu um rápido comunicado sobre a situação do clube, que é o vice-lanterna, com apenas três pontos conquistados em sete jogos.

"Continuamos com trabalho sério fora de campo e, agora, dentro de campo. Estamos pensando muito no futuro do Criciúma, pois temos várias responsabilidades. Estou muito triste, mas não estou com vergonha. Não digo para ficar tranquilo, a situação é difícil. Temos quatro jogos no Estadual e ainda a Copa do Brasil. Nós não vamos morrer na estrada", falou.

QUEM CHEGA?
A expectativa do Criciúma é anunciar um novo treinador antes mesmo do duelo diante do Marcílio Dias, marcado para este domingo, às 16h, no Gigantão das Avenidas. Um dos nomes cogitados é o de Roberto Cavalo, hoje no Oeste.