Série C: Após eliminação no Catarinense, Roberto Cavalo valoriza elenco para estreia

Tigre Carvoeiro enfrenta o Londrina, às 20h de segunda-feira, 10, no estádio do Café, em Londrina (PR)

por Agência Futebol Interior

Criciúma, SC, 06 (AFI) - O Criciúma até venceu a Chapecoense, por 1 a 0, na noite de quarta-feira, mas acabou eliminado nas semifinais do Campeonato Catarinense após disputa de pênaltis. Após o confronto, o técnico carvoeiro, Roberto Cavalo, comentou o duelo e não culpou Foguinho e Jean Dias, que erraram as cobranças.

"É normal, fui jogador, já perdi pênalti, o Zico perdeu, o Roberto Baggio perdeu. Quando o Ezequiel perdeu nos deu uma confiança grande, mas aí perdemos. O Agenor sempre foi bem, mas a Chape bateu bem. Mas ele buscou as defesas. Parabenizo ele e todo o elenco, o grupo foi valente, disposto, fez um grande jogo. Pênalti é loteria e dessa vez foi contra nós", disse.

O Tigre Carvoeiro agora foca na Série C do Brasileiro, no qual está no Grupo B, ao lado de Boa Esporte-MG, Brusque-SC, Londrina-PR, Ituano-SP, São Bento-SP, São José-RS, Tombense-MG, Volta Redonda-RJ e Ypiranga-RS.

 Roberto Cavalo — Foto: Caio Marcelo/Criciúma
Roberto Cavalo — Foto: Caio Marcelo/Criciúma

"A derrota não desmotiva, mas a tristeza é normal, perdemos nos pênaltis. Mas nos dá aí, pelo futebol apresentado, mais confiança, uma tranquilidade melhor em termos de time, temos um time formado. Claro que vamos melhorar com reforços, mas nesse momento estamos no caminho certo. Do jeito que foi, estou satisfeito, pois o time foi bem. Tenho que dar moral", falou.

Em cada chave, os quatro melhores avançam à segunda fase, enquanto os dois piores serão rebaixados. O Criciúma enfrenta o Londrina, às 20h de segunda-feira, 10, no estádio do Café, em Londrina (PR), pela abertura da Série C.