Meia que marcou época no Atlético-MG cobra R$ 2 milhões do Corinthians

O jogador de 32 anos cobra Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), férias,13º salário e multas

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 27 (AFI) - Está virando rotina jogadores entrarem na Justiça para cobrar o Corinthians. Foi a vez do meia-atacante Guilherme, aquele mesmo, ex-Atlético-MG, abrir ação na Justiça do Trabalho para receber R$ 2 milhões.

O jogador de 32 anos cobra Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), férias, 13º salário e multas. Comprado pelo Timão em 2016 por quase R$ 6 milhões, Guilherme fez 47 jogos e oito gols com a camisa alvinegra. Depois, porém, foi emprestado para Athletico-PR, Bahia e Fluminense.

Em 2020, defendeu o América-MG, em oito jogos, mas agora está sem clube.

Guilherme teve boa passagem no Cruzeiro, mas marcou época mesmo no Atlético-MG, clube que defendeu entre 2011 e 2015, conquistando Copa do Brasil, Libertadores e Recopa.

PAULISTÃO

Dentro de campo, o Corinthians se prepara para a estreia do Paulistão. E tem um confronto de Brasileirão, pois joga com o Red Bull Bragantino neste domingo, às 18h, no estádio Nabi Abi Chedid.