José Lourenço analisa campanha do Comercial na Série A3 e mira Copa Paulista

Torneio da FPF dá vaga à Copa do Brasil, torneio mais rentável do país, em 2020

por Wilson Rocha - W Sports

Ribeirão Preto, SP, 23 (AFI) - O primeiro semestre, definitivamente, não foi como os comercialinos esperavam.

A equipe sofreu com muitas mudanças na disputa da Série A3 do Campeonato Paulista e viu o sonho do acesso ser adiado para o ano que vem, após perder para o Desportivo Brasil, em Porto Feliz, nas quartas de final. Durante o campeonato, o Leão do Norte teve quatro comandantes à beira do gramado.

A temporada começou com Ricardo Costa como técnico. Veio a estreia na A3, contra o Noroeste, em Ribeirão Preto, e o alvinegro perdeu por 1 a 0. Costa acabou demitido. Edson Vieira chegou e fez uma boa campanha enquanto esteve à frente da equipe, com apenas duas derrotas. Mas a diretoria não estava satisfeita com seu trabalho e acabou o demitindo também. Para seu lugar veio Ito Roque, que encerrou a A3 como treinador do Leão do Norte. Além disso, Marciano, técnico do sub-20 e auxiliar técnico fixo também comandou a equipe na A3.

Após Série A3, dirigente do Comercial mira Copa Paulista
Após Série A3, dirigente do Comercial mira Copa Paulista

Para o diretor comercialino José Lourenço, apesar das mudanças de técnico e a eliminação nas quartas de final, nem tudo deve ser lamentado. Para ele, o Leão acertou em muito pontos que não são comentados.

“A diretoria acertou no planejamento. Erros acontecem, é normal, e o campeonato provou que fomos bem. Todos falaram do ataque, mas o Caio foi uma aposta noss e deu conta do recado, foi um dos artilheiros. Existe uma falta de talento gigantesca no futebol brasileiro hoje. Montar um time é como tirar leite de pedra. Infelizmente esbarramos na questão financeira. Adequamos o elenco e comissão técnica na nossa realidade”, disse o dirigente.

DOEU

A maior lamentação, para o diretor, foi a eliminação. Com a vantagem de um empate construída na partida de ida, em Ribeirão Preto, após vencer o Desportivo por 1X0, o Leão jogou bem fora de casa e chegou a criar grandes chances de marcar o gol, mas não estava no melhor dia. A situação financeira também foi lembrada.

“Nossa linha hoje de fazer a gestão é ter responsabilidade, tudo que fizemos foi sempre pensando no melhor. No último jogo tivemos todas as condições de ter o resultado positivo, passando pelo Desportivo, a chance de acesso seria muito grande. Demos as condições e o futebol tem dessas coisas, não era nosso dia”, completou Lourenço.

SEGUE A TEMPORADA

O Leão do Norte agora mantem o foco na disputa da Copa Paulista, que se inicia em junho, O vencedor garante vaga na Copa do Brasil ou na Série D do Campeonato Brasileiro, no ano que vem. O Comercial está no grupo 1, com Batatais, Votuporanguense, Linense, Mirassol e Ferroviária.