Atacante comemora golaço e ganha elogios do técnico do Chelsea

Sobre a demora para a validação do gol, o jogador criticou o VAR, mas comemorou a pintura que deu a vitória aos Blues

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 24 (AFI) - A vitória do Chelsea por 1 a 0 no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões diante do Atlético de Madrid ficou marcada pelo golaço de bicicleta anotado pelo atacante francês Giroud, que precisou ter análise do VAR, que confirmou o gol após três minutos.

COMEMORAÇÃO

Sobre a demora para a validação do gol, o jogador criticou o VAR, mas comemorou a pintura que deu aos Blues a vantagem do empate no jogo da volta em busca de uma vaga nas quartas de final da Champions.

Foto: Divulgação / Chelsea
Foto: Divulgação / Chelsea
"Foi uma longa espera, quase três minutos. É bizarro festejar o gol depois de três minutos, mas o mais importante é que foi gol. Quando o Marcos Alonso cruzou, eu devia ter gritado ao Mason Mount para deixar a bola, por isso houve uma pouco de confusão. A bola subiu e eu adoro chutes de bicicleta. Fico contente que a bola tenha entrado e o gol tenha sido validado. Não sabia se estava impedido ou não. O árbitro disse- que era uma decisão importante e que precisava de levar algum tempo a analisar", revelou o jogador.

COM MORAL

O golaço anotado por Giroud foi pauta também na entrevista pós-jogo do treinador alemão Thomas Tuchel, que elogiou o atacante e ainda afirmou que ele parece ter 20 anos.

"Ele parece que tem 20 anos. Treina como um jovem e é um cara que tem uma boa mistura de seriedade e alegria nos treinos, sempre positivo. E isso é um grande fator para o grupo. Giroud gosta de todos os dias de ser um jogador de futebol profissional", disse o treinador.