Catarinense: Ney Franco aprova estreia pela Chapecoense, mas fala em reforçar defesa

O treinador estreou com empate por 3 a 3 com o Figueirense, pela penúltima rodada da primeira fase do estadual

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 04 (AFI) – A estreia de Ney Franco pela Chapecoense não foi exatamente como o treinador gostaria. O time de Chapecó chegou a ficar duas vezes à frente do rival Figueirense, mas a partida terminou em empate por 3 a 3.

Mesmo assim, o técnico aprovou o desempenho de seus novos comandados e projetou uma boa sequência nas próximas partidas, visando a reta final do Campeonato Catarinense e a Copa do Brasil.

“Fizemos uma partida consistente, principalmente no segundo tempo. Podemos evoluir. Vimos detalhes interessantes. Esperamos confirmar a segunda colocação para depois pensar na Copa do Brasil. Quem veio ao estádio viu um bom jogo de futebol, dois golaços. Queríamos a vitória, mas não foi possível. Agora é seguir”, analisou Ney Franco.

Mesmo assim, o treinador também ressaltou a importância de reforçar ainda mais o setor defensivo, já que a equipe sofreu três gols na partida.

“Uma equipe que vai disputar as competições que vamos disputar, tanto a Copa do Brasil quanto o Brasileiro, não pode se acostumar a sofrer três gols. Estamos fazendo levantamento de números e temos que dar uma proteção maior à defesa. Não quer dizer que vamos abrir mão do ataque”, finalizou.

Em segundo no Campeonato Catarinense, empatado justamente como Figueirense, com 32 pontos, mas acima por ter uma vitória a mais (9 a 8), a Chapecoense tem mais um clássico na última rodada da primeira fase, no próximo domingo, quando recebe o líder Avaí. Se vencer, garante a segunda colocação e enfrenta o terceiro colocado na semifinal.

O Avaí já tem a liderança garantida, enquanto Chapecoense e Figueirense brigam para decidir quem avança em segundo. Criciúma e Marcílio Dias, empatados com 24 pontos, disputam a última vaga para o mata-mata.