Baré-RR 0 x 0 Santos-AP - Os dois seguem distantes do G4

O resultado da partida realizada no Estádio Canarinho não foi bom para ninguém

por Agência Futebol Interior

Boa Vista, RR, 01 (AFI) - Baré e Santos se enfrentaram na noite deste domingo no Estádio Canarinho e ficaram no empate sem gols, em um resultado que não foi bom para ninguém. A partida foi válida pela décima rodada da Série D do Brasileiro.

O Baré chegou ao quarto jogo sem vitória e segue na sexta colocação, com dez pontos. Já o Santos, que não ganha há cinco partidas, vem logo atrás, com oito. Os dois times seguem distantes da zona de classificação.


VEJA OS MELHORES MOMENTOS

Baré e Santos ficaram no empate sem gols (Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal)
Baré e Santos ficaram no empate sem gols (Foto: Rosivaldo Nascimento/Arquivo Pessoal)

Neste domingo, o Baré foi comandado interinamente pelo preparador físico Peteleco. Isso porque o técnico Walker Belgo foi diagnosticado com Covid-19 e está em isolamento.

O primeiro tempo teve o Baré com muito mais posse de bola, mas sendo pouco efetivo. Já o Santos parecia satisfeito em segurar o empate. Na etapa final, o time amapaense conseguiu equilibrar um pouco as ações, mas o placar seguiu inalterado.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 11ª rodada. O Baré enfrenta o Sinop, às 16 horas, no Gigante do Norte, em Sinop-MT, enquanto o Santos recebe o São Raimundo, às 17 horas, no Zerão, em Macapá-AP.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
10ª rodada
Data
01/11/2020
Horário
17h00
Local
Canarinho - Boa Vista (RR)
Árbitro
Gabriel dos Santos Queiroz (GO)

Assistentes
Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (AM) e Jander Rodrigues Lopes (AM)

Cartões Amarelos
Baré-RR: Jean, Dennis, Junior Osias
Santos-AP: Palito, Evandro, Batata, André

Cartões Vermelhos
Baré-RR: Ítalo Nena
Baré-RR
André Regly;
Emerson, Garrydo, Negueba e Digão (Dennis);
Jean, Klayton Maranhense (Thiago Macedo), Petinha (Cacau) e Helson;
Jonas Caça-Rato (Junior Osias) e Raikard (Ítalo Nena).
Técnico: Peteleco (preparador físico).
Santos-AP
Murilo;
Juninho (Derlen), Octávio Henrique, Edionaldo e Batata;
Evandro (Matheus Costa), Balão Marabá (André), Diego e Palito;
Luciano (Ozenildo) e Matheus Rebé.
Técnico: Edson Porto.