Dupla maranhense puxa a fila da Seleção FI da Série C

Sampaio Corrêa e Imperatriz são os times com mais representantes na edição da 12ª rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 15 (AFI) - A 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro terminou nesta segunda-feira, com partidas sendo disputadas desde a quinta passada. Mais uma vez, o Portal Futebol Interior acompanhou todas as partidas para e escalou a Seleção da Rodada. Nesta edição, os maranhenses Imperatriz e Sampaio Corrêa são os times como mais representantes, o primeiro com três e o segundo com dois.

CONFIRA A SELEÇÃO DA 12ª RODADA DA SÉRIE C:

Genivaldo (Confiança);

Da Silva (Luverdense), Renato (Ypiranga), Fred (Botafogo-PB) e Romano (Sampaio Corrêa);

Bruno Barra (Volta Redonda), Yuri (Remo), Rodrigo Andrade (Sampaio Corrêa) e Gabriel Caju (Imperatriz);

Matheus Carvalho (Náutico) e Manoel (Imperatriz).

Técnico: Paulinho Kobayashi (Imperatriz)

_____________________________________________________________________________

Goleiro: Genivaldo (Confiança)
Foi o grande nome da vitória por 2 a 1 sobre o ABC. O resultado foi construído de maneira nada tranquila, com o Confiança sofrendo uma série de investidas e resistindo graças à atuação muito inspirada de Genivaldo, autor de grandes defesas.

Lateral-direito: Da Silva (Luverdense)
Foi importante quando subiu ao ataque, mas se destacou principalmente nas ações defensivas, com bom tempo na hora dos desarmes e consciência no posicionamento. Com 1,83m, ajudou os zagueiros com interceptações também nas bolas áreas.

Zagueiro: Renato (Ypiranga)
O Ypiranga teve que lidar com uma grande pressão do São José no Passo D’Areia e foi bem na missão, com um sistema defensiva entrosado e bem posicionado. Renato mostrou inteligência na macacão e foi peça importante para barrar as investidas adversárias.

Zagueiro: Fred (Botafogo-PB)
Foi o grande destaque do empate por 1 a 1 com o Santa. O Belo teve que se segurar em alguns momentos de pressão do time de casa e pode confiar 100% em Fred, que não deixou passar uma ligação direta e foi soberano nas divididas. Ainda anulou o artilheiro Pipico.

Lateral-esquerdo: Romano (Sampaio Corrêa)
Chegou há pouco tempo na Bolívia Querida, mas mostrou que pode brigar pela titularidade com Patric Calmon. Em seu primeiro jogo como titular, foi bastante participativo e ajudou bastante o setor defensivo. Destaque para o lance no qual desviou uma bola que morreria dentro do gol.

Rodrigo Andrade encaixou no time do Sampaio. (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)
Rodrigo Andrade encaixou no time do Sampaio. (Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação)

Volante: Bruno Barra (Volta Redonda)
Com raça e muita disposição, teve uma atuação muito segura na vitória por 2 a 0 sobre o Tombense. Sem desistir, roubou bolas e distribuiu bons passes na transição para o ataque. Foi premiado no final ao marcar o segundo gol tricolor.

Volante: Yuri (Remo)
É um dos nomes mais constantes do elenco remista. Contra o Luverdense, na medida do possível, ditou o ritmo do meio de campo com qualidade no passe, apesar de às vezes ter sentido falta de um meia mais agudo à frente para dar sequência às jogadas.

Meia: Rodrigo Andrade (Sampaio Corrêa)
Em três jogos com a camisa do Sampaio Corrêa, se firmou como o dono da camisa 10. Na vitória por 2 a 0 sobre o Globo, buscou e levou perigo nas bolas paradas antes de decidir marcando um gol e sofrendo o pênalti convertido por Ulisses.

Meia: Gabriel Caju (Imperatriz)
O jovem de 20 anos mostrou que está em plena evolução e que ainda pode ajudar bastante o Imperatriz. Na vitória por 2 a 1 sobre o Treze, se apresentou bem e marcou pela primeira vez como profissional, além de ter dado a assistência para o gol de Manoel.

Matheus Carvalho decidiu para o Náutico. (Foto: Léo Lemos / CNC)
Matheus Carvalho decidiu para o Náutico. (Foto: Léo Lemos / CNC)

Atacante: Matheus Carvalho (Náutico)
Em um jogo não muito bom do Náutico, conseguiu fazer algo de diferente em alguns momentos, com bons passes, apesar de não ter sido brilhante. De qualquer maneiro, foi o nome da noite ao fazer um golaço aos 46 minutos do segundo tempo para garantir a vitória alvirrubra.

Atacante: Manoel (Imperatriz)
O centroavante não se limita apenas a esperar a bola no pé. Muito participativo, ajudou na defesa sem comprometer a boa atuação lá na frente. Marcou um dos gols da vitória e retribuiu a assistência ao garoto Gabriel Caju, em lance no qual roubou a bola no campo de ataque.

Técnico: Paulinho Kobayashi (Imperatriz)
Demorou um pouco para acertar o time, mas parece ter encontrado a maneira ideal de jogar, com um ataque que vem funcionando. Em um período de quatro jogos invicto, com um empate e três vitórias, o Cavalo de Aço marcou oito gols e foi parar no G4.