Guarani 0 x 1 Coritiba - Gol de goleiro aumenta calvário bugrino

No finalzinho do segundo tempo, Wilson garantiu a vitória ao Coxa diante do penúltimo colocado

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - O calvário do Guarani parece não ter fim. Na noite desta terça-feira, o time foi castigado pelas chances desperdiçadas e perdeu para o Coritiba, por 1 a 0, em pleno Brinco de Ouro da Princesa, pela oitava rodada da Série B do Brasileiro.

A partida foi transmitida pela Rádio Futebol Interior em cadeia com a Rádio Cidade 670 AM, de Curitiba. Mais um show da equipe comandada pelo Capitão Hidalgo.

FICA E CAI ?
O único gol da partida foi marcado pelo goleiro Wilson, em cobrança de pênalti, aos 43 minutos do segundo tempo. A vitória diminui a pressão sob Umberto Louzer e coloca o Coritiba na nona colocação, com 12 pontos.

Sem ganhar há cinco jogos, sendo quatro derrotas seguidas, o Guarani tem cinco pontos e está na frente apenas do lanterna Vitória, com quatro. O time foi bastante vaiado pela torcida e Vinícius Eutrópio dificilmente vai permanecer no cargo.

QUE CONFUSÃO
O jogo começou morno no Brinco de Ouro da Princesa. Mais pressionado, o Guarani tentava era quem mais buscava o ataque, enquanto o Coritiba procurava valorizar a posse da bola. A primeira grande oportunidade foi criada pelo Bugre, aos 21 minutos.

Matheusinho cobrou falta para dentro da área, Davó cabeceou e Brunno Lima desviou na saída de Wilson. Em cima da linha, Sabino evitou o gol. Um lance para lá de polêmico aconteceu aos 23 minutos e culminou com o gol anulado de Rodrigão.

O Guarani conheceu a quarta derrota seguida e está na penúltima colocação da Série B
O Guarani conheceu a quarta derrota seguida e está na penúltima colocação da Série B

ERA DO GUARANI...
A bola estava com o Guarani quando o árbitro paralisou a partida para atendimento ao goleiro Wilson.

De acordo com a regra, a posse teria que voltar ao Bugre, mas Léo Simão Holanda deu bola ao chão. Após chutão de Sávio, Rodrigão invadiu a área e bateu na saída de Giovanni.

Os jogadores bugrinos partiram para cima do atacante, enquanto Vinícius Eutrópio reclamava na beira do gramado. Após cinco minutos de paralisação, Léo Simão Holanda voltou atrás e anulou o gol do Coxa.

BUGRÃO PRESSIONA
Assim que a bola voltou a rolar, o Guarani assustou em cobrança de falta do jovem Matheusinho por cima do travessão. Nos acréscimos, Armero chutou e Wilson não conseguiu segurar. No rebote, Davó acertou a rede do lado de fora.

Na melhor oportunidade do jogo, Ricardinho deu passe preciso para Davó nas costas da defesa. O atacante finalizou colocado e Wilson salvou o Coritiba.

O goleiro Wilson comemora o gol de pênalti marcado aos 43 minutos do segundo tempo
O goleiro Wilson comemora o gol de pênalti marcado aos 43 minutos do segundo tempo

QUE ZICA!
A etapa final começou aberta depois de Vinícius Eutrópio entrar com Arthur Rezende no lugar de Deivid. Aos 13, a zaga bugrina falhou e Rodrigão escapou em velocidade, mas Brunno Lima conseguiu se recuperar e evitou o gol do artilheiro coxa-branca.

O Bugre levou perigo aos 19, quando Armero cruzou e Lenon pegou de primeira por cima do gol. Conforme o tempo ia passando, os dois times iam demonstrando muito nervosismo em campo e isso se refletia no número de passes errados.

Aos 32, Arthur Rezende cruzou e Felipe Amorim, livre de marcação, cabeceou para fora. A resposta do Coritiba veio em chute de Igor Paixão defendido por Giovanni. Aos 43, Brunno Lima derrubou Nathan dentro da área e o árbitro assinalou pênalti.

Apesar de Rodrigão ser o artilheiro isolado da Série B, o goleiro Wilson foi para a cobrança e soltou a bomba, sem chances para Giovanni.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times só voltam a campo no mês que vem, depois da Copa América. O Guarani enfrenta o CRB, no Rei Pelé, em Maceió, enquanto o Coritiba tem pela frente o Criciúma, no Heriberto Hülse, em Criciúma. Os jogos válidos pela nona rodada ainda não tiveram suas datas definidas pela CBF.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
8ª rodada
Data
11/06/2019
Horário
21h30
Local
Brinco de Ouro - Campinas (SP)
Árbitro
Leo Simão Holanda (CE)

Renda
R$ 26.107,00
Assistentes
Jailson Albano da Silva e Renan Aguiar da Costa (CE)

Público
2.089 pagantes
Cartões Amarelos
Guarani-SP: Ricardinho, Ferreira, Brunno Lima
Coritiba-PR: Vitor Carvalho, Matheus Sales, Fabiano

Gols
Coritiba-PR: Wilson 46' 2T
Guarani-SP
Giovanni;
Lenon, Ferreira, Brunno Lima e Armero;
Deivid (Arthur Rezende), Ricardinho e Igor Henrique (Diego Cardoso);
Mateusinho, Eder Luis (Felipe Amorim) e Davó.
Técnico: Vinícius Eutrópio
Coritiba-PR
Wilson;
Sávio, Sabino, Wallison Maia e Fabiano;
Vitor Carvalho (Thiago Lopes), Matheus Sales e Luiz Henrique;
Juan Alano (Igor Paixão), Lucas Tocantis (Nathan) e Rodrigão.
Técnico: Umberto Louzer