Ceará 1 x 2 Red Bull Bragantino - Toro Loko leva a melhor em jogo marcado pelo VAR

Os três gols da partida foram marcados por pênaltis, sendo que dois foram assinalados pelo árbitro de vídeo

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 17 (AFI) - Em um jogo eletrizante do início ao fim, o Red Bull Bragantino contou com dois gols de Claudinho, sendo o último deles já nos acréscimos, para vencer o Ceará, por 2 a 1, na Arena Castelão, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Esse foi um confronto direto na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana. O Ceará estacionou nos 39 pontos, na 11ª colocação, e viu o Red Bull Bragantino chegar aos 38. O time paulista passou o Atlético-GO e pulou para o 12º lugar.

VEJA OS GOLS DA VITÓRIA DO MASSA BRUTA

CHANCES LÁ E CÁ
A partida começou movimentada e o Red Bull Bragantino pediu pênalti logo no primeiro minuto após a bola acertar o braço de Fernando Sobral. Já o Ceará criou uma boa oportunidade aos quatro minutos, quando Tiago subiu mais que todo mundo e cabeceou rente a trave.

Na sequência, Edimar invadiu a área e chutou forte para a defesa de Richard. Aos 23, Tiago, mais uma vez pelo alto, cabeceou e viu a bola explodir no travessão de Cleiton. O jogo caiu um pouco de qualidade, mas voltou a ficar bom nos minutos finais.

Aos 42, Ytalo aproveitou escanteio cobrado por Claudinho e desviou na trave. A bola entraria no cantinho se Richard não fizesse grande defesa. Depois foi a vez de Ricardo Ryller cabecear pela linha de fundo.

Bragantino ganhou com gol de pênalti nos acréscimos
Bragantino ganhou com gol de pênalti nos acréscimos

ENFIM, OS GOLS
Os times voltaram com a mesma formação do intervalo e, aos sete, Artur foi derrubado por Bruno Pacheco dentro da área e o árbitro assinalou pênalti para desespero dos jogadores do Ceará. Três minutos depois, Claudinho bateu bem e colocou o Red Bull Bragantino na frente.

O empate do Ceará não demorou. Léo Chú chutou sem ângulo e Cleiton espalmou para escanteio. Na cobrança, Luiz Otávio foi puxado dentro da área e o árbitro mandou o lance seguir, mas voltou atrás após ser avisado pelo VAR. Lima cobrou bem e deixou tudo igual.

NO FINALZINHO
Aos 29, Aderlan soltou a bomba de fora da área e Richard espalmou para escanteio.

O Red Bull Bragantino era melhor. Hurtado chutou forte, a bola desviou no meio do caminho e quase entrou.

Claudinho marcou os dois gols de pênalti do Braga
Claudinho marcou os dois gols de pênalti do Braga

No contra-ataque, Vitor Jacaré só não marcou para o Ceará porque Cleiton saiu bem do gol.

Quando parecia que o jogo terminaria empatado, Willian Oliveira tocou com a mão na bola dentro da área e, após mais uma consulta do VAR, o árbitro assinalou pênalti.

PRÓXIMOS JOGOS
O Ceará volta a campo na quinta-feira, contra o Goiás, às 19 horas, na Serrinha, em Goiânia.

Na quarta, o Red Bull Bragantino recebe o Vasco, às 21h30, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Os jogos são válidos pela 31ª rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
30ª rodada
Data
17/01/2021
Horário
20h30
Local
Arena Castelão - Fortaleza (CE)
Árbitro
Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes
Guilherme Dias Camilo (MG) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Cartões Amarelos
Red Bull Bragantino-SP: Edimar, Ricardo Ryller

Gols
Ceará-CE: Lima 16' 2T
Red Bull Bragantino-SP: Claudinho 10' 2T, Claudinho 51' 2T
Ceará-CE
Richard;
Samuel Xavier, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco;
Fabinho (Willian Oliveira), Fernando Sobral, Lima (Wescley), Vina (Kelvyn) e Léo Chú (Saulo Mineiro);
Cléber (Vitor Jacaré).
Técnico: Alexandre Faganello (auxiliar).
Red Bull Bragantino-SP
Cleiton;
Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar;
Ricardo Ryller (Eric Ramires), Raul e Claudinho;
Artur, Ytalo (Hurtado) e Helinho (Bruno Tubarão).
Técnico: Maurício Barbieri