Criticado, RB Bragantino solta nota sobre volta aos treinos. Veja aqui!

O clube de Bragança Paulista disse que não há nenhuma tentativa de tirar obter vantagem técnica

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 04 (AFI) - Na última reunião organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) com os participantes do Paulistão, os clubes entraram em um acordo de que todos voltariam aos treinamentos presenciais ao mesmo tempo.

Na última terça-feira, porém, após autorização da Prefeitura de Bragança Paulista, o Red Bull Bragantino iniciou as atividades em campo seguindo o protocolo apresentado. No entanto, os outros clubes seguem seus treinamentos online.

Red Bull Bragantino foi o único que voltou aos treinos (Foto: Arquivo)
Red Bull Bragantino foi o único que voltou aos treinos (Foto: Arquivo)
A postura acabou gerando críticas por parte da imprensa e fez com que o clube soltasse, nesta quinta-feira, uma Nota de Esclarecimento.

Nela, o Red Bull Bragantino deixa claro que agiu dentro da legalidade e cumpriu integralmente os acordos feitos, inclusive, com os outros clubes do Paulistão.

CONFIRA ABAIXO A NOTA DE ESCLARECIMENTO

Desde a decisão de interromper as competições, nosso centro de treinamento foi lacrado, sem qualquer utilização. Seguimos todas as recomendações das organizações governamentais e de saúde durante esse período. Incluindo respeitar o acordo feito entre os clubes paulistas há dois meses.

Durante esse período, compartilhamos e trocamos informações com os demais clubes e, após a liberação do Governo Estadual, encaminhamos um protocolo completo para a Prefeitura de Bragança Paulista, pedindo a liberação da utilização de nossas instalações. Para, assim, voltarmos às atividades, sempre operando dentro da legalidade.

Com a aprovação em mãos e todas as pessoas envolvidas devidamente testadas, iniciamos trabalhos físicos, em grupos reduzidos e sem bola. Treinos similares aos que vinham sendo realizados por vídeo, mas com condições de trabalho físicas e emocionais mais adequadas.

O Red Bull Bragantino sempre agiu dentro da legalidade e trabalhou para cumprir integralmente os acordos feitos com jogadores e funcionários. Assim como com a cidade de Bragança Paulista e os outros clubes do Paulistão. Não há nenhuma tentativa de obter vantagem técnica, mas, sim, de dar um primeiro passo consciente e seguro rumo à retomada do futebol.