Exclusivo! Após derrota na semifinal, técnico entrega o cargo no Botafogo-PB

Mauro Fernandes optou por deixar o clube antes do início da Série C do Brasileiro

por Kim Belluco

João Pessoa, PB, 06 (AFI) - Mauro Fernandes não é mais técnico do Botafogo-PB. O treinador entregou o cargo na tarde desta quinta-feira após a derrota para o Treze, nos pênaltis, na semifinal do Campeonato Paraibano.

A crise interna vivida pelo clube, além da dificuldade de se reforçar visando à Série C do Brasileiro, foram motivos cruciais para a tomada de decisão do treinador. A informação é exclusiva do repórter Kim Belluco, ao Portal Futebol Interior.

O comandante foi contratado em meio à pandemia do novo coronavírus e dirigiu o clube por sete jogos, com duas vitórias, duas derrotas e três empates. O revés mais doído foi diante do Treze, na semifinal. O Botafogo havia vencido por 2 a 0 em casa, mas perdeu para o mesmo placar e acabou caindo nos pênaltis.

Esta foi a terceira passagem do treinador, de 67 anos, que rodou também por Brasiliense, Caldense, Central, Portuguesa, América Mineiro, Criciúma, Grêmio Barueri, Vitória, Atlético Goianiense, Santa Cruz, dentre muitos outros.

Mauro Fernandes deixou o Botafogo-PB
Mauro Fernandes deixou o Botafogo-PB

CONFLITO INTERNO!
O Botafogo está passando por uma briga política, que vem refletindo dentro do campo. Dois grupos foram formados, o do atual presidente Sergio Meira, e o do ex-vice-presidente, Breno Morais, que foi banido após envolvimento na Operação Cartola.

A crise é tão grande que torcedores foram até o Centro de Treinamento do clube nesta quinta-feira para protestar. Os jogadores chegaram a conversar com os mesmos, mas nenhum dirigente apareceu para dar explicação sobre o que tem acontecido dentro do clube. A principal crítica é em cima da atual diretoria.

Apesar do clima exaltado de alguns torcedores, os protestos foram pacíficos, ao menos, até o momento. Jogadores chegaram a dar a cara à tapa e estão assumindo a responsabilidade, assim como vinha ocorrendo com Mauro Fernandes.