Série D: Treinador do Baré janta em restaurante um dia após confirmação de Covid-19

Segundo Belgo, ele está assintomático e não teve contato com outras pessoas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - Apenas um dia após a partida entre Baré e Santos-AP, onde o treinador Walker Belgo não pôde estar presente, por estar contaminado pelo coronavírus, uma cena chamou a atenção em um restaurante próximo à sede do clube. O treinador foi flagrado jantando no estabelecimento, mesmo contaminado.

Segundo Belgo, ele está assintomático e não teve contato com outras pessoas. Porém, a OMS afirma que mesmo os assintomáticos podem transmitir o vírus.

POLÊMICA

A foto foi divulgada apenas um dia após o treinador e outros três atletas do clube receberem o resultado positivo para Covid-19. Ao falar sobre o assunto, o treinador afirmou não ter tido contato com ninguém e que está se cuidando. Finalizando, ele ainda pediu para as pessoas se cuidarem.

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

"Me encontro de forma assintomática. Eu fiz o uso de máscara, estava sozinho na mesa, depois que o garçom me serviu, ainda esperei ele sair, tirei a máscara, comi, coloquei a máscara e fui embora. Nesta semana, acho que na quarta ou quinta-feira, devo fazer o exame novamente. Se Deus quiser já devo estar zerado", disse Belgo.

"Se cuidem, e eu espero que esses cuidados sejam tomados por todos e com certeza a única maneira da gente se prevenir é realmente usando máscara e desde que saibam que estão detectados (testado positivo), evitar contato com as pessoas", finalizou o teinador.

PROVIDÊNCIAS DO CLUBE

O Presidente do Baé, Oziel Neto, afirmou ter o conhecimento da saída do treinador, mesmo infectado, e que tomará providências internas.

"Por mais que ele tenha os cuidados de comer sozinho, usar máscara, o professor se equivocou em ir lá e a gente pode até perder o patrocínio com o restaurante", afirmou o presidente.