Sem jogar desde novembro, Rafinha Alcântara recebe alta médica no Barcelona

O jogador de 26 anos, campeão olímpico com a seleção brasileira nos Jogos do Rio-2016, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho

por Agência Estado

São Paulo, SP, 19 - Sem jogar desde novembro, o meia Rafinha Alcântara recebeu alta médica nesta terça-feira, no Barcelona. Após sete meses de tratamento, o jogador brasileiro poderá voltar aos treinos. Mas, de acordo com a imprensa espanhola, tem chances remotas de permanecer no clube catalão para a próxima temporada europeia.

O jogador de 26 anos, campeão olímpico com a seleção brasileira nos Jogos do Rio-2016, rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em novembro durante jogo do Barcelona no Campeonato Espanhol. A grave lesão exigiu intervenção cirúrgica na primeira semana de dezembro.

Recuperado, dentro dos prazos estabelecidos inicialmente, ele foi liberado pelos médicos para retomar as atividades físicas justamente no período em que o elenco do Barça está de férias, assim como os demais clubes europeus. A temporada europeia terá início no fim de agosto. E a pré-temporada deve começar no fim de julho.

Rafinha Alcântara está recuperado de lesão
Rafinha Alcântara está recuperado de lesão
LESÃO
Rafinha se machucou em partida contra o Atlético de Madrid, no estádio Wanda Metropolitano, em Madri. Ele havia entrado no segundo tempo. Foi uma das raras partidas que disputou na temporada passada. Ao todo, foram oito jogos, sendo cinco no Espanhol, dois na Liga dos Campeões e a partida da Supercopa da Espanha.

A alta médica, contudo, não significa que Rafinha terá mais oportunidades na próxima temporada do Barcelona. De acordo com a imprensa espanhola, o histórico de lesões do jogador pode fazer com o que o clube aceita alguma proposta na janela de transferências que será aberta no dia 1º de julho.

Sevilla, Betis e Valencia seriam os principais interessados no futebol do meio-campista brasileiro, filho de Mazinho.