Atlético-MG liga sinal de alerta antes de decisão: "Nem tudo está perdido"

O time mineiro chegou a cinco derrotas seguidas no Brasileirão e disputa semifinal da Sul-Americana na quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 15 (AFI) - A derrota por 3 a 1 para os reservas do Internacional em pleno Independência ligou o alerta no Atlético-MG. Visando a semifinal da Copa Sul-Americana, contra o Colón, da Argentina, o time mineiro chegou a cinco jogos sem vitória no Brasileirão e deixou o campo vaiado pela torcida.

Mesmo assim, o experiente zagueiro Réver acredita que os resultados negativos no Campeonato Brasileiro não vão influenciar a decisão na Sul-Americana.

Para o defensor, a equipe tem que manter o foco e seguir com a mesma conduta que vem tendo e os resultados vão aparecer naturalmente.

"Nem tudo está perdido. Temos que manter a cabeça no lugar para trabalhar com calma durante a semana e nos prepararmos para a partida importante de quinta-feira", analisou.

Sobre o jogo deste domingo, Réver acredita que o Atlético poderia ter tido melhor sorte e exaltou o adversário, que soube se aproveitar das situações que criou.

"O gol que tomamos acabou fazendo com que a atmosfera do estádio viesso toda contra a gente. O time deles soube administrar essa vantagem com o gol e conseguiu ampliar o placar. Eles chegaram três vezes e marcaram três gols", justificou.

Durante o jogo, Réver ainda sentiu uma lesão, mas preferiu seguir em campo. O zagueiro tranquilizou a torcida e afirmou que isso não deve tirá-lo dos próximos jogos.

"Durante a semana, eu tive um traumazinho na coxa e hoje voltei a sentir, mas nao é nada que preocupe", finalizou.