Segundona: Em meio ao caos, presidente do América é barrado de retornar ao cargo

Italiano havia conseguido, na última sexta-feira, liminar para conduzir novamente a agremiação

por Agência Futebol Interior

São José do Rio Preto, SP, 20 (AFI) - Nos piores momentos financeiros e administrativos da história, o América-SP contabiliza mais um imbróglio envolvendo a direção.

O presidente do Rubro, Luiz Donizete Prieto, o Italiano, conseguiu, na última sexta-feira, junto ao juiz Marco Aurélio Gonçalves, a liminar para conduzir novamente a agremiação.

Na segunda, porém, o mandatário foi barrado em sua volta ao clube por não apresentar documentação com a decisão da liminar.

ENTENDA O CASO
No último dia 04 de julho, Italiano foi afastado provisoriamente do cargo por 60 dias pelo Conselho Deliberativo, o qual solicitou prestação de contas e possíveis irregularidades na gestão.

Foto: Guilherme Baffi - Guilherme Baffi
Foto: Guilherme Baffi

Em decisão liminar do juiz Marco Aurélio Gonçalves, da 1ª Vara Cível de São José do Rio Preto, afirmou-se que não ficou demonstrado no processo de afastamento o cumprimento do artigo 38 do estatuto do clube, em relação à convocação dos conselheiros.

Outro ponto não esclarecido foi se, durante reunião do Conselho, houve ou não votação para o afastamento de Italiano.

OFF
Procurado pela reportagem do Portal Futebol Interior para comentar a volta de Italiano ao cargo, o presidente do Conselho Deliberativo, Pedro Batista, não atendeu as ligações na manhã desta terça-feira.

Em meio ao caos político, administrativo e financeiro, o América-SP segue com o imbróglio junto de seu presidente - segundo Italiano, todavia, tudo será sanado nas próximas horas.