Com ótimas campanhas na divisão, Júlio Sérgio analisa propostas na Série D

Ex-goleiro teve bom desempenho no comando de Crac e Linense na quarta divisão nacional

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - Os campeonatos estaduais estão chegando na reta final, e os clubes já começam a focar nas quatro divisões do Campeonatos Brasileiro: Série A, B, C e D.

A última, aliás, é a formada pelo maior número de participantes (68), os quais vão brigar por quatro vagas na Série C de 2021.

De olho neste mercado, Júlio Sérgio já começa analisar propostas para o torneio, cujo início é o mês de maio.

Júlio Sérgio em passagem pelo Santos
Júlio Sérgio em passagem pelo Santos

O treinador é um velho conhecido quando se trata da quarta divisão, pois realizou ótimas campanhas.

Em 2015, no comando do Crac, de Catalão, teve a segunda melhor trajetória entre os 40 clubes e chegou às oitavas de final de forma invicta.

Três anos depois, fez a melhor campanha do Linense, mas parou nas quartas de final e bateu na trave na briga pelo acesso.

QUEM É ELE?

Júlio iniciou carreira à beira do gramado na Francana em 2015, mas não chegou a dirigir a equipe por problemas financeiros, até receber convite para assumir o Crac.

Com equipe formada pela maioria de atletas desconhecidos e folha salarial de R$ 30 mil por mês, time goiano foi a grande sensação na primeira fase.

O clube do interior alcançou classificação com duas rodadas de antecedência e teve a melhor defesa - apenas um gol sofrido em oito jogos -, além de não ter sido derrotado.

No geral, em oito confrontos, foram cinco vitórias, três empates e marca de 450 minutos sem ter o sistema defensivo vazado.

Apesar de eliminação e boa campanha, time deixou o torneio de cabeça erguida e aplaudido pelos torcedores.

GANHOU MORAL

Este trabalho fez com que Julio Sérgio permanecesse para disputa do Goiano. Posteriormente, assumiu o Linense, eliminado nas quartas, a um passo do acesso.

Júlio Sérgio concluiu curso na CBF
Júlio Sérgio concluiu curso na CBF

O Elefante fez grande campanha no nacional em 12 partidas, com cinco vitórias, quatro empates e três derrotas. A queda foi frente o São José-RS - vitória em casa por 1 a 0 e derrota por 2 a 0 em Porto Alegre.

TEM KNOW-HOW

O jovem treinador teve grandes conquistas na carreira como goleiro e passagens por grandes clubes do futebol brasileiro e mundial.

Ele foi bicampeão brasileiro com o Santos, além de defender Botafogo-SP, Sertãozinho, Francana, América-SP, Lecce (ITA) e se destacou na Roma (ITA) durante oito anos, onde faturou o bicampeonato da Copa da Itália.

Após encerrar a carreira, Júlio foi se aperfeiçoar e realizou estágios no Bayern de Munique (ALE), Real Madrid (ESP), Botafogo, Santos, Lazio (ITA) e Roma (ITA), além ser um dos poucos brasileiros a realizar o curso da UEFA - recentemente, concluiu o Curso da Licença A CBF Academy.