LUTO! Morre ex-jogador e treinador, campeão mundial com o Grêmio em 1983

Natural de Porto Alegre, Espinosa foi revelado pelas categorias de base do Grêmio, onde teve destaque

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - LUTO! Na manhã desta quinta-feira, morreu o ex-jogador e treinador, Valdir Espinosa, aos 72 anos de idade. No ultimo dia 17, Valdir teve de realizar uma cirurgia no abdômen e precisou ser internado novamente no dia 20, mas não resisitiu. Espinosa ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo, clube pelo qual foi campeão Carioca em 1983.

CARREIRA DE JOGADOR

Natural de Porto Alegre, Espinosa foi revelado pelas categorias de base do Grêmio, onde teve destaque. No Rio Grande do sul, ele também jogou por algumas equipes do interior, como o Caxias.

Depois disso, Valdir foi para o CSA, onde encerrou sua carreira de jogador em 1978 e virou treinador do Esportivo de Bento Gonçalves em 79. Curiosamente, o presidente do CSA naquela época era Fernando Collor de Melo, que viria a ser Presidente da República e hoje é Senador.

Foto: Vitor Silva / Botafogo
Foto: Vitor Silva / Botafogo

TREINADOR

Após ter boas passagens dirigindo o Esportivo e o CSA, Valdir Espinosa chegou ao seu auge no esporte em 1983, quando levou o Grêmio aos títulos da Libertadores e Mundial daquele ano. O treinador também dirigiu Flamengo e Botafogo.

No Botafogo, Espinosa ficou marcado pelo título carioca de 1989. Aceitando o convite da diretoria, o treinador conduziu o Fogão ao título estadual, após 20 anos de jejum. Além disso, Valdir também treinou times do exterior, como o Cerro Porteño-PAR, o Al-Hilal, da Arábia Saudita e o Tokyo Verdy, do Japão.